DESKTOP

Muitos significados e ativismo marcam a exposição AI WEIWEI RAIZ, no MON

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Cintia Mazzaro

Reinaldo Bessa Luiz Ernesto Meyer Luciana Pereira Juliana Vosnika Zilda Fraletti Marcello Dantas Maria Luiza Kozicki Malu Meyer Lucia Casillo Malucelli e Alexandre Malucelli - Muitos significados e ativismo marcam a exposição AI WEIWEI RAIZ, no MON

Na abertura da exposição AI WEIWEI RAIZ estavam presentes (da esq. para a dir.) Luiz Ernesto Meyer, Patrono da exposição, Luciana Pereira, superintendente da Secretaria de Estado da Cultura, a presidente do Museu Oscar Niemeyer, Juliana Vosnika, a Patrona Zilda Fraletti, o curador Marcello Dantas e os também Patronos Maria Luiza Kozicki, Malu Meyer e o casal Lucia Casillo Malucelli e Alexandre Malucelli. (Fotos: Antônio More)

Reinaldo Bessa Luiz Ernesto Meyer Luciana Pereira Juliana Vosnika Zilda Fraletti Marcello Dantas Maria Luiza Kozicki Malu Meyer Lucia Casillo Malucelli e Alexandre Malucelli - Muitos significados e ativismo marcam a exposição AI WEIWEI RAIZ, no MON
Reinaldo Bessa Eduardo Barbosa Hudson José Luciana Pereira Juliana Vosnika Marcello Dantas e Glaci Ito - Muitos significados e ativismo marcam a exposição AI WEIWEI RAIZ, no MON
O advogado e diretor jurídico e de relações institucionais da Copel, Eduardo Barbosa, o secretário da Comunicação e da Cultura do Estado, Hudson José, a superintendente da Secretaria de Estado da Cultura, Luciana Pereira, a presidente do Museu Oscar Niemeyer, Juliana Vosnika, o curador Marcello Dantas e Glaci Ito, diretor cultural do museu.
Reinaldo Bessa Eduardo Barbosa Hudson José Luciana Pereira Juliana Vosnika Marcello Dantas e Glaci Ito - Muitos significados e ativismo marcam a exposição AI WEIWEI RAIZ, no MON
Reinaldo Bessa Espartano da Fonseca e Annelise Guimarães - Muitos significados e ativismo marcam a exposição AI WEIWEI RAIZ, no MON
Espartano da Fonseca e Annelise Guimarães.
Reinaldo Bessa Espartano da Fonseca e Annelise Guimarães - Muitos significados e ativismo marcam a exposição AI WEIWEI RAIZ, no MON
Reinaldo Bessa Iurant Cvintal Franciele Tarter e Colmar Chinasso - Muitos significados e ativismo marcam a exposição AI WEIWEI RAIZ, no MON
Iurant Cvintal entre Franciele Tarter e Colmar Chinasso.
Reinaldo Bessa Iurant Cvintal Franciele Tarter e Colmar Chinasso - Muitos significados e ativismo marcam a exposição AI WEIWEI RAIZ, no MON
Reinaldo Bessa Jayme Bernardo - Muitos significados e ativismo marcam a exposição AI WEIWEI RAIZ, no MON
O arquiteto Jayme Bernardo.
Reinaldo Bessa Jayme Bernardo - Muitos significados e ativismo marcam a exposição AI WEIWEI RAIZ, no MON
Reinaldo Bessa Marcello Dantas Tarsila Riso e Marcelo Conrado. - Muitos significados e ativismo marcam a exposição AI WEIWEI RAIZ, no MON
O curador da exposição Marcello Dantas (à esq.), Tarsila Riso e Marcelo Conrado.
Reinaldo Bessa Marcello Dantas Tarsila Riso e Marcelo Conrado. - Muitos significados e ativismo marcam a exposição AI WEIWEI RAIZ, no MON


O Museu Oscar Niemeyer (MON) inaugurou na última quinta-feira (02), a exposição AI WEIWEI RAIZ – do artista plástico Ai Weiwei – um dos principais nomes da arte contemporânea. Com projeto desenvolvido e curado por Marcello Dantas, a mostra chega a Curitiba, após passar por São Paulo e Belo Horizonte, para apresentar a história deste brilhante artista por meio dos seus icônicos trabalhos, além de obras inéditas nascidas de uma imersão profunda pelo Brasil e suas tradições.

Assessor artístico na construção do estádio Ninho dos Pássaros, em Pequim, onde foram celebrados os jogos olímpicos de 2008, Ai Weiwei tem como característica marcante o seu ativismo, que fica muito claro em toda a exposição. “As pessoas acham que ele é um artista radical, o que de fato ele é pela sua postura, mas o que ele defende, são direitos humanos fundamentais, direito de vida. E ele expressa isso nas suas obras”, explica Dantas.

O curador chama a atenção para o nome da exposição – a de maior acervo da sua carreira até hoje. “O nome vem da forma que Ai Weiwei tem de trabalhar, resgatando raízes culturais, raízes de práticas, raízes das pessoas, raízes simbólicas e raízes literalmente. Quando pensávamos na exposição, estávamos trabalhando com esse conceito metafórico de raízes, mas quando ele chegou na Bahia, se deparou com raízes milenares que reforçaram sua ideia”, conclui.

Para Juliana Vosnika, diretora presidente do MON, a exposição é uma oportunidade rara para que todo o Sul do país possa conhecer o talento e expressão artística de Ai Weiwei. “Ele é uma das principais expressões da arte e da cultura no mundo e poder ter a exposição Ai WEIWEI RAIZ no MON foi muito especial, principalmente agora, em um momento que outras exposições do museu conversam diretamente com essa, como que se completassem”, explica Juliana.

AI WEIWEI RAIZ fica no MON por três meses seguindo para o Rio de Janeiro, onde encerra sua temporada no Brasil.

Veja Também

66 comentários em “Muitos significados e ativismo marcam a exposição AI WEIWEI RAIZ, no MON”

  1. You can certainly see your expertise within the work you write.
    The sector hopes for more passionate writers like you who are not afraid to mention how they believe.
    At all times follow your heart.

  2. Simply desire to say your article is as astounding.
    The clarity in your post is just cool and i could assume you
    are an expert on this subject. Fine with your permission let me to grab your RSS feed to keep up to date
    with forthcoming post. Thanks a million and please carry on the
    gratifying work.

  3. Hmm is anyone else having problems with the pictures on this blog loading?
    I’m trying to determine if its a problem on my end or if
    it’s the blog. Any suggestions would be greatly appreciated.

  4. When I originally commented I clicked the “Notify me when new comments are added” checkbox and now each time a comment is added I get
    four emails with the same comment. Is there any way you can remove people from that service?
    Appreciate it!

  5. I would like to get across my passion for your kindness supporting people who require help on in this niche. Your very own commitment to passing the message around had become certainly insightful and has frequently helped guys like me to realize their objectives. Your entire informative suggestions can mean a lot a person like me and somewhat more to my mates. Thanks a lot; from each one of us.

  6. Thanks for sharing superb informations. Your web-site is very cool. I’m impressed by the details that you?¦ve on this web site. It reveals how nicely you understand this subject. Bookmarked this web page, will come back for more articles. You, my pal, ROCK! I found just the info I already searched all over the place and just could not come across. What a great website.

  7. Needed to write you one bit of note to thank you very much over again for those pretty techniques you have contributed at this time. It has been simply incredibly generous of people like you to allow unhampered what exactly a number of us could possibly have offered as an electronic book in order to make some bucks on their own, chiefly seeing that you could have tried it in the event you wanted. These guidelines likewise acted to provide a good way to recognize that someone else have the identical zeal much like mine to see a good deal more in terms of this issue. I am sure there are millions of more pleasurable sessions in the future for those who see your site.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X