DESKTOP

Berlim e seus contrastes por Daniela Barranco

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

A arquiteta Daniela Barranco nos leva para a Alemanha em sua quarta coluna para o portal. Criadora do projeto “O mundo como inspiração”, no qual une o prazer por viagens à sua atividade profissional – projetar ambientes residenciais e comerciais –, ela nos mostra que Berlim é caracterizada por um contraste entre edifícios históricos e uma arquitetura bastante contemporânea.

1 2 - Berlim e seus contrastes por Daniela Barranco

O Portão de Brandemburgo é um dos marcos mais conhecidos da Alemanha. (Fotos: Acervo pessoal)

1 2 - Berlim e seus contrastes por Daniela Barranco
3 1 - Berlim e seus contrastes por Daniela Barranco

O Palácio de Reichstag é o prédio onde o parlamento federal da Alemanha exerce suas funções.

3 1 - Berlim e seus contrastes por Daniela Barranco
2 1 - Berlim e seus contrastes por Daniela Barranco

A arquitetura da cidade impressiona por sua imponência.

2 1 - Berlim e seus contrastes por Daniela Barranco
4 1 - Berlim e seus contrastes por Daniela Barranco

A cúpula do Reichstag é um dos símbolos da cidade.

4 1 - Berlim e seus contrastes por Daniela Barranco
5 - Berlim e seus contrastes por Daniela Barranco

A East Side Gallery é uma galeria a céu aberto de 1,3km do antigo muro de Berlim.

5 - Berlim e seus contrastes por Daniela Barranco
6 - Berlim e seus contrastes por Daniela Barranco
Inaugurado em 2001, o Edifício DZ Bank abriga um ícone da arquitetura em seu interior.
6 - Berlim e seus contrastes por Daniela Barranco

Os contrastes de Berlim

Capital alemã combina modernidade e tradição em ícones de design e arquitetura

Grandes reviravoltas históricas marcam os 775 anos da cidade de Berlim. Apenas no século 20, a cidade, que começou como capital da Prússia, sobreviveu a duas guerras mundiais, duas unificações, ascensão e queda do nazismo, e construção e queda de um muro divisor por quase 30 anos. Mas foi após a Segunda Grande Guerra, que a capital em ruínas precisou reconstruir não só sua estrutura física, mas também sua identidade.

Hoje, a cidade é caracterizada por um contraste entre edifícios históricos e uma arquitetura bastante contemporânea, que transita entre tradição e modernidade. Difícil escolher de qual lugar ou obra falar, entre tantas opções e diversidades que encontramos em Berlim. Mas, como arquiteta escolhi citar algumas obras modernistas.

A Alemanha é um país famoso por ser berço de grandes escolas de design e possuir projetos de arquitetura icônicos. Por todo o país é possível encontrar museus e até áreas urbanas inteiras com projetos incríveis, que emocionam e encantam a todos.

Não é a toa que foi lá que nasceu a Bauhaus, escola de arte vanguardista fundada em 1919, que mudou a forma como se via e fazia arte e arquitetura até então. A escola, que posteriormente se tornou um dos movimentos mais famosos e importantes do século XX, funcionou até 1933, quando foi fechada pelo governo nazista alemão. Com isso, muitos dos professores e artistas da escola saíram da Alemanha e ganharam o mundo, espalhando ainda mais os conceitos da Bauhaus em outros países. Hoje em dia o prédio ainda existe e abriga uma extensa coleção sobre sua história.

Em Berlim, estando na Pariser Platz e olhando para o Portão de Brandemburgo não podemos imaginar que dentro de um dos prédios da praça, mais precisamente dentro do Banco DZ, existe uma obra tão interessante. O prédio foi construído entre 1998 e 2000. O arquiteto Frank Gehry, que é classificado como o maior arquiteto do mundo, queria construir o prédio de forma arrojada como o Guggenheim de Bilbao, mas foi impedido pelas autoridades alemãs, já que naquela praça nada poderia brilhar mais que o Portão de Brandemburgo – símbolo da cidade de Berlim. Ele então resolveu usar toda sua genialidade no interior do prédio: uma modernidade arquitetônica surpreendente, escondida dentro de um edifício, pelo qual tantas pessoas passam, sem desconfiar de sua existência.

O prédio do Parlamento Alemão, conhecido como Palácio do Reichstag, tem grande importância histórica para todo o país, por ter sido palco da Proclamação da República da Alemanha. Ao longo dos anos, o local presenciou diversas decisões políticas e também foi ponto chave para o início da Segunda Guerra Mundial.

O antigo edifício, inaugurado em 1984, foi incendiado em 1933, parcialmente destruído em 1945 e restaurado nos anos 60. Hoje, o projeto assinado pelo britânico Norman Foster, enquadra-se na categoria sustentável por garantir a eficiência energética e a redução dos impactos ambientais. Um dos seus pontos principais é o domo de vidro localizado ao centro do parlamento que oferece iluminação natural. A cúpula é totalmente feita com vidro laminado (aproximadamente 3 mil m²) e refletida por 360 espelhos.

O núcleo do domo central tem uma espécie de cone invertido com espelhos em ângulos, a fim de refletir a luz do horizonte para dentro do edifício e há ainda uma proteção móvel que acompanha a trajetória do sol e evita o superaquecimento no interior do ambiente. O mesmo cone invertido auxilia na movimentação do ar, pois faz com que o quente suba enquanto os ventiladores renovam o ar existente. “A cúpula permite que a luz do sol ilumine claramente o piso do parlamento, reforçando a conotação de transparência política que o projeto pretendia adotar”, cita Foster.

Já na parte da antiga Berlim Oriental, Friedrichshain é um lugar repleto de estudantes, jovens e artistas – o que acaba refletindo no visual e clima do bairro: muitos grafites, bares, restaurantes e baladas. Lá também encontra-se uma das maiores atrações de Berlim, a East Side Gallery:uma galeria a céu aberto de 1,3km do antigo Muro de Berlim, que se tornou um espaço de pinturas e grafites de artistas do mundo todo,margeando o Rio Spree.

Claro que você não pode deixar de ver os ícones da cidade como o Portão de Bradenburgo, o emocionante Memorial do Holocausto, a inovadora Potsdamer Platz, o Muro, o Checkpoint Charlie, a Igreja da Memória (Gedächtniskirche) e os numerosos museus maravilhosos que esta cidade abriga. Se tiver tempo para conhecer alguns parques, vale a visita no Tempelhofer Park, antigo aeroporto de Berlim Ocidental.

Veja Também

16 comentários em “Berlim e seus contrastes por Daniela Barranco”

  1. Hello excellent website! Does running a blog like this require a great
    deal of work? I’ve virtually no expertise in programming but I was hoping to start my
    own blog soon. Anyhow, should you have any ideas or techniques for new blog owners please share.
    I understand this is off subject but I just had to ask.
    Cheers!

  2. Please let me know if you’re looking for a writer for your
    blog. You have some really good posts and I think I
    would be a good asset. If you ever want to take some of the
    load off, I’d absolutely love to write some articles for your blog in exchange for a link back to mine.

    Please send me an email if interested. Thanks!

  3. I know this if off topic but I’m looking into starting my own weblog and was wondering what all is
    required to get set up? I’m assuming having a blog like yours
    would cost a pretty penny? I’m not very internet smart
    so I’m not 100% positive. Any suggestions or advice would be greatly appreciated.

    Thanks

  4. A powerful share, I simply given this onto a colleague who was doing slightly evaluation on this. And he in truth purchased me breakfast as a result of I found it for him.. smile. So let me reword that: Thnx for the treat! However yeah Thnkx for spending the time to debate this, I feel strongly about it and love studying more on this topic. If possible, as you become experience, would you thoughts updating your weblog with extra details? It is extremely useful for me. Large thumb up for this weblog submit!

  5. Wonderful site you have here but I was curious if you knew of any discussion boards that cover
    the same topics discussed here? I’d really love to be a part of group where I can get feedback from other experienced individuals that
    share the same interest. If you have any recommendations, please let me know.
    Cheers!

  6. I’m not sure why but this site is loading very slow for me.
    Is anyone else having this problem or is it a issue on my end?
    I’ll check back later on and see if the problem still exists.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X