DESKTOP

Grupo RIC anuncia nova estrutura organizacional; mudanças incluem soluções multiplataformas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Da Redação

A nova diretoria do Grupo RIC (a partir da esq.): André Fronza, Marcus Yabe, André Ferreira e Ney Braga Alves. Ao centro, o presidente executivo Leonardo Petrelli. (Foto: Gabriel Lunardi)

O Grupo RIC anunciou nesta quarta-feira (04) uma completa reestruturação organizacional. Um dos maiores da comunicação paranaense, o plano de investimentos do grupo, que nos últimos sete anos ultrapassa os R$ 40 milhões, também inclui a apresentação, em março de 2020, de novas estruturas nas plataformas de distribuição de conteúdo e da campanha de reposicionamento da marca, nascida há 32 anos. Quatro diretorias passam a responder diretamente ao presidente do grupo, Leonardo Petrelli.

As novas diretorias têm a missão de incrementar a comunicação dos clientes com os inúmeros públicos e em todas as plataformas. Ney Braga Alves, da Diretoria de Mercado e Soluções Integradas, responderá por comercializar toda a publicidade dos produtos e canais de distribuição do grupo. A Diretoria de Produto, Conteúdo e Convergência, liderada por Marcus Yabe, cuidará do direcionamento estratégico de audiência de todos os produtos e canais de distribuição. A Diretoria de Estratégia e Tecnologia, ocupada por André Fronza, será responsável por reforçar o investimento em inovação destinado a apoiar toda a área de produção do grupo. André Ferreira cuidará da Diretoria Administrativa e Financeira.

Além das quatro emissoras de tevê (Curitiba, Londrina, Maringá e Cascavel) e três de rádio afiliadas à rede Jovem Pan (Curitiba, Ponta Grossa e Cascavel) integram o grupo o portal de notícias RICMais, a revista Top View e o site Tommo, dedicado aos públicos gamer e geek.

Operações independentes

As novidades anunciadas incluem mudanças do grupo em Santa Catarina, onde a empresa deixa de usar as marcas Grupo RIC e RIC Record TV, passando a atuar com operações independentes. Sob a presidência de Marcelo Petrelli, irmão de Leonardo, a empresa passa a adotar os nomes Grupo ND e ND Record TV. O Grupo RIC Paraná e o Grupo RIC Santa Catarina nasceram da Rede Independência de Comunicação e, embora sendo da mesma família, seguiram caminhos empresariais próprios. Em 2008, as emissoras do estado vizinho migraram a filiação do SBT para a Record e a mesma marca passou a ser usada nos dois estados. “As operações voltam a ser independentes, mas as corporações do Paraná e de Santa Catarina são irmãs e sempre vão ser”, afirma Leonardo Petrelli.

Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X