DESKTOP

Voos diários entre Ponta Grossa e São Paulo começaram a operar nesta sexta-feira; crescimento da cidade justificou criação da rota

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Da Redação

voopg.reinaldobessa - Voos diários entre Ponta Grossa e São Paulo começaram a operar nesta sexta-feira; crescimento da cidade justificou criação da rota
Começaram nesta sexta-feira (10) os voos entre Ponta Grossa e o Aeroporto de Congonhas, em São Paulo. (Foto:Divulgação)
voopg.reinaldobessa - Voos diários entre Ponta Grossa e São Paulo começaram a operar nesta sexta-feira; crescimento da cidade justificou criação da rota
voopg2.reinaldobessa - Voos diários entre Ponta Grossa e São Paulo começaram a operar nesta sexta-feira; crescimento da cidade justificou criação da rota
O prefeito de Ponta Grossa, Marcelo Rangel (à esq.), e o secretário de Infraestrutura do Paraná, Sandro Alex (irmão de Marcelo), estavam entre os passageiros do voo inaugural. (Foto: Divulgação)
voopg2.reinaldobessa - Voos diários entre Ponta Grossa e São Paulo começaram a operar nesta sexta-feira; crescimento da cidade justificou criação da rota



Começaram nesta sexta-feira (10) os voos entre Ponta Grossa e o Aeroporto de Congonhas, em São Paulo. O primeiro avião com destino à capital paulista decolou às 9h20 do aeroporto da cidade dos Campos Gerais com 68 passageiros, entre eles o prefeito Marcelo Rangel e outras autoridades, além de convidados. A linha está sendo operada pela VoePass Linhas Aéreas, antiga Passaredo. Serão dois voos diários entre segunda e sexta-feira e outros dois aos sábados e domingos; às 9h20 na segunda, terça, quarta e sexta-feira, e às 9h30, às quintas-feiras. Já no período da noite, de segunda a sexta-feira os voos serão às 19h30. Nos fins de semana, as decolagens ocorrem às 11h05 aos sábados e às 19h30 aos domingos.

Os trechos serão operados por aeronaves ATR72, com capacidade para 70 passageiros e as passagens custam cerca de R$ 200. Ponta Grossa já conta com um voo diário para o aeroporto de Viracopos, em Campinas, operado pela Azul. O Aeroporto Municipal Sant’Ana passou por reformas nos últimos anos para receber rotas nacionais e novas obras estão previstas para a construção do novo terminal, além da aquisição de equipamentos e ampliação da pista. Ao todo, serão investidos R$ 35 milhões com apoio do governo do estado.

O governador Ratinho Junior disse que a criação da linha Ponta Grossa-Congonhas é uma ligação importante para uma cidade com vocação industrial, que tem crescido rapidamente nos últimos anos. Segundo ele, o estímulo à ampliação das rotas aéreas é uma das estratégias para o desenvolvimento do estado. Segundo ele, o programa de aviação regional Voe Paraná, lançado pelo governo no ano passado, elevou o status do Paraná na malha aérea brasileira – com 20 aeroportos do interior e do Litoral conectados com a capital ou com os principais destinos no país – e gerou a maior rede de aviação regional da Gol. As companhias Latam e Azul também anunciaram novos voos no Paraná em 2019.

De acordo com Victor Oliveira, superintende do Aeroporto Municipal Comandante Antônio Amilton Beraldo (Aeroporto Sant’Ana), Congonhas era o destino mais almejado pela população de Ponta Grossa. “Realizamos algumas pesquisas e mais de 80% dos passageiros consideravam importante uma linha aérea que ligasse Ponta Grossa a São Paulo, um destino bastante importante para a indústria, o comércio e a economia da cidade”, disse.

Veja Também

1 comentário em “Voos diários entre Ponta Grossa e São Paulo começaram a operar nesta sexta-feira; crescimento da cidade justificou criação da rota”

  1. Pingback: Nova rota aérea regional conectará duas belezas naturais do Paraná a partir de março - Reinaldo Bessa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.