DESKTOP

Executivo do setor bancário na Região Sul assume presidência do Sindicato das Seguradoras no Paraná e Mato Grosso do Sul

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Da Redação

IMG 1115 1024x683 - Executivo do setor bancário na Região Sul assume presidência do Sindicato das Seguradoras no Paraná e Mato Grosso do Sul
Altevir Dias do Prado, o novo presidente do Sindicato das Seguradoras do Paraná e de Mato Grosso do Sul. (Foto: Divulgação)

Tomam posse na próxima semana os presidentes dos oito sindicatos de seguradoras do Brasil, a maioria deles jovens executivos de alto desempenho, que assumem o desafio de aplicar seus conhecimentos de gestão empresarial para modernizar o setor na esteira da reforma trabalhista e do fim da obrigatoriedade da contribuição sindical. No Sindicato das Seguradoras do Paraná e de Mato Grosso do Sul (Sindseg – PR/MS), assume Altevir Dias do Prado, superintendente da Bradesco Seguros na Região Sul, no lugar de João Gilberto Possiede, da JMalucelli Seguradora, que permaneceu no cargo por 27 anos. Altevir é formado em Filosofia, História e Economia, com doutorado em Ciências Econômicas na Espanha.

O executivo defende que é possível dar uma nova dinâmica aos sindicatos, mais assemelhada ao setor privado. Para ele, os sindicatos têm que se reinventar, agregar valor ao setor que representam de forma que as mensalidades pagas pelas empresas associadas tenham um retorno de alguma forma. Prado disse que o Sindseg – PR/MS já desenvolve um trabalho de representação interessante, apoiando as autoridades públicas no combate aos furtos e roubos de veículos, promovendo a educação no trânsito e fomentando o aprimoramento da legislação.

LEIA TAMBÉM:

Segundo ele, o uso das tecnologias pode melhorar as ações. “Os novos tempos e a geração que está chegando exigem um sindicato mais moderno. Então é importante a modernização do sindicato neste sentido, torná-lo um pouco mais on-line, dar uma feição mais contemporânea”, afirmou o novo presidente do Sindiseg – PR/MS citando alguns projetos que tem em mente.

O setor de seguros responde por cerca de 6,5% do PIB nacional e registrou, no ano passado, lucro líquido de R$ 17,8 bilhões. Mesmo assim, as diversas entidades sindicais da área, tanto patronais quanto de trabalhadores, passam por um processo de adaptação ao novo cenário pós-reforma trabalhista, que reduziu o faturamento dos sindicatos em até 90%, provocando uma crise sem precedentes no setor.

Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X