DESKTOP

Uma das maiores estruturas de forno para queima de cerâmicas do Brasil será inaugurada no Parque São Lourenço

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Monique Benoski

Forno Montana 30 1024x683 - Uma das maiores estruturas de forno para queima de cerâmicas do Brasil será inaugurada no Parque São Lourenço
O Ateliê Livre de Escultura do Parque São Lourenço vai ganhar um novo forno para queima de cerâmicas. (Foto: Divulgação)

A partir desta quinta-feira (27), o Parque São Lourenço vai ganhar um forno para queima de cerâmicas. A nova estrutura fica no Ateliê Livre de Escultura, no espaço do Centro de Criatividade, e foi construído com patrocínio da Universidade Estadual de Montana, dos Estados Unidos, em parceria com a Prefeitura Municipal, a Fundação Cultural e a Bienal Internacional de Arte Contemporânea de Curitiba, utilizando uma das mais modernas tecnologias do país.

A inauguração acontecerá a partir das 15h e haverá uma pequena queima de cerâmicas aberta ao público. O evento será no Ateliê Livre de Escultura e contará com a presença de artistas locais, professores e alunos da Universidade de Montana.

Forno Montana 35 1024x683 - Uma das maiores estruturas de forno para queima de cerâmicas do Brasil será inaugurada no Parque São Lourenço
O forno será disponibilizado para uso de alunos, professores de cerâmica, artistas e para a comunidade de Curitiba. (Foto: Divulgação)

Durante a 13ª edição da Bienal de Curitiba, em 2017, Jeremy Hatch e Dean Adams, especialistas em cerâmica da Universidade Estadual de Montana (EUA), estiveram no Brasil para projetar e construir o primeiro forno no local e também deram início, juntamente com alunos e professores, ao projeto de construção da estrutura que será inaugurada esta semana.

O escultor do Ateliê Livre de Escultura do Parque São Lourenço, Elvo Benito Damo, trabalhou diretamente com a equipe de Montana, também coordenando parceiros da comunidade local. Em setembro de 2019 foi construída uma extensão do primeiro forno e agora em 2020, durante a 14ª edição da Bienal, chegou a vez do segundo forno ser oficialmente inaugurado. A construção dos fornos tem como objetivo a perpetuação da arte para além das exposições temporárias de cada edição da Bienal.

Forno Montana 46 1024x683 - Uma das maiores estruturas de forno para queima de cerâmicas do Brasil será inaugurada no Parque São Lourenço
O projeto é uma parceria da Universidade Estadual de Montana, dos Estados Unidos, com a Prefeitura Municipal, a Fundação Cultural e a Bienal Internacional de Arte Contemporânea de Curitiba. (Foto: Divulgação)

Todo o material necessário para a construção dos fornos e os custos de todos os técnicos e especialistas dos Estados Unidos envolvidos no projeto e na execução das obras foi patrocinado pela Universidade Estadual de Montana, que é um dos maiores centros de estudos no campo da arte em cerâmica. Os novos fornos serão disponibilizados para uso de alunos, professores de cerâmica, artistas e comunidade de Curitiba.

LEIA TAMBÉM:

Serviço:

Inauguração do segundo forno para queima de cerâmicas
Data: 27 de fevereiro, a partir das 15h
Local: Ateliê Livre de Escultura do Parque São Lourenço
Evento gratuito
Mais informações: www.bienaldecuritiba.com.br

Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X