DESKTOP

Projeto solidário on-line inclui hospital de Curitiba na lista de instituições beneficiadas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Da Redação

amanda-cassou-hospital-pequeno-principe
A empresária Amanda de Almeida Cassou, cofundadora do Gallerist, é uma das apoiadoras do Hospital Pequeno Príncipe, onde foi tratada quando criança. (Foto: Divulgação)

O Hospital Pequeno Príncipe é uma das sete instituições filantrópicas do país que receberão doações arrecadadas pelo hub digital Ovo, criado em 2014 e que comercializa em seu espaço on-line roupas e acessórios doados com o objetivo de auxiliar organizações sem fins lucrativos. Além do hospital pediátrico curitibano, fazem parte da lista a Cufa (Central Única de Favelas), Mulheres de Paraisópolis, Redes da Maré, Hospital Albert Einstein/Hospital de Campanha da Secretaria Municipal da Saúde de São Paulo, Fundo Emergencial para a Saúde – Coronavírus Brasil e União São Paulo. A ação especial, chamada Projeto Ovo, foi lançada no último fim de semana com a finalidade de arrecadar recursos em prol de sete instituições filantrópicas de referência no país.

O projeto conta com o apoio da revista de moda Vogue Brasil, que convidou influenciadores digitais para fazer doações de peças exclusivas de seus acervos para uma das entidades. A empresária curitibana Amanda de Almeida Cassou, cofundadora do Gallerist, que surgiu como um e-commerce multimarcas e hoje tem lojas físicas na capital paulista e em Curitiba, é uma das personalidades que aceitaram o convite para participar da ação. Ela escolheu o Pequeno Príncipe, já que o hospital faz parte da sua própria história.

Como sofre de asma, Amanda foi atendida algumas vezes no Pequeno Príncipe. “O que me motiva a ajudar é o fato de atuarem na área da saúde, principalmente infantil. Além disso, sei o quanto o Pequeno Príncipe é competente, sério e direciona recursos de forma transparente por meio de reports para apoiadores”, diz Amanda.

LEIA TAMBÉM:

Com quase 45 mil seguidores no Instagram, ela selecionou oito itens em prol do hospital, entre eles sandálias, vestido, conjunto, cinto e outros itens de marcas renomadas. A renda arrecadada com as vendas dos produtos será repassada integralmente às instituições participantes. Para conferir mais detalhes da ação, siga o perfil do Projeto Ovo no Instagram – @projetoovo.

A indicação do Hospital Pequeno Príncipe para participar da ação foi feita por Ana Khouri, uma das criadoras do Projeto Ovo. A designer de joias, que vive em Nova York, é reconhecida internacionalmente por seu trabalho e apoia as ações da instituição em prol da saúde infantojuvenil.

Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X