DESKTOP

Covid-19 atinge 100% dos bairros de Curitiba, diz Secretaria Municipal da Saúde

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Da Redação

2020 03 06t164938z 1302835711 rc2gef9lky3t rtrmadp 3 health coronavirus cruiseships - Covid-19 atinge 100% dos bairros de Curitiba, diz Secretaria Municipal da Saúde
O novo coronavírus chegou a todos os 75 bairros de Curitiba. (Foto: Dado Ruvic/REUTERS)

O novo coronavírus chegou a todos os 75 bairros de Curitiba. Dado divulgado pela Secretaria Municipal da Saúde nesta quarta-feira (13) mostra a distribuição dos casos confirmados por regional. Em todos as regiões da cidade há moradores infectados pela Covid-19 (ver quadro abaixo). O vírus chegou na cidade pela região central e foi se espalhando pelos bairros. A Regional Matriz tem 189 infectados confirmados, o equivalente a 105,6 casos por 100 mil moradores. Já Santa Felicidade, com 100 confirmados, tem o equivalente a 64,3 casos para cada 100 mil habitantes.

“Do ponto de vista dos cuidados, as recomendações são as mesmas para todos, e muito especialmente para os grupos de risco. É isolamento social, uso de máscaras, higiene e nada de aglomeração”, alerta a secretária municipal da Saúde, Márcia Huçulak. Segundo ela, a notícia significa que já estamos com o vírus espalhado por todos os cantos e que ele é democrático, não escolhe idade, classe social, muito menos bairro.

Marion Burger, epidemiologista da Secretaria da Saúde de Curitiba, explica que o maior ou menor número de casos em cada bairro ou regional não significa que se trata de região mais perigosa ou menos. “Ele indica apenas onde a pessoa que contraiu a doença mora”, diz. O local onde a pessoa reside nem sempre é onde ela se contaminou nem o único local que ela costuma frequentar, explica a médica. Dessa forma, as medidas de precaução são fundamentais para toda a cidade, caso contrário aumenta o risco de transmissão em todas as regiões. A exposição ao vírus em regiões mais vulneráveis e/ou populosas, por exemplo, exige cuidados ainda maiores, já que são potencialmente sensíveis ao aumento da transmissão.

Justiça notifica Prefeitura

De acordo com o site Contraponto, do jornalista Celso Nascimento, a prefeitura de Curitiba deverá instituir, no prazo de 15 dias, rotinas diárias de fiscalização das atividades e serviços tidos como essenciais e não essenciais. A determinação, desta quarta-feira (13), é da juíza Rafaela Mari Turra, da 1ª Vara da Fazenda Pública de Curitiba, que concedeu liminar acolhendo parcialmente os pedidos do Ministério Público do Paraná (MPPR), da Defensoria Pública do Paraná e da Defensoria Pública da União em ação civil pública conjunta ajuizada para tornar inválida a resolução municipal que autorizou e fixou regras para a reabertura de atividades e serviços da cidade que não são considerados essenciais.

LEIA TAMBÉM:

00298544 - Covid-19 atinge 100% dos bairros de Curitiba, diz Secretaria Municipal da Saúde
Tabela com os números de casos do Covid-19 nos bairros de Curitiba. (Foto: Divulgação)

Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X