DESKTOP

Abrigos da FAS têm segundo dia com recorde de atendimento a moradores de rua

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Da Redação

00299692 - Abrigos da FAS têm segundo dia com recorde de atendimento a moradores de rua
Abrigos e hotéis sociais da FAS ficaram lotados com recolhimento da população de rua com a Ação Inverno – Curitiba que Acolhe. (Foto: Ricardo Marajó/FAS)

Um total de 584 pessoas em situação de rua em Curitiba foi acolhido nos abrigos da prefeitura na noite desta quinta-feira (28). Foi a segunda noite com o maior número de atendimento, desde que teve início a Ação Inverno – Curitiba que Acolhe, no dia 15 de maio. O recorde de acolhimento foi registrado no domingo (24), quando 596 foram abrigadas. Das pessoas atendidas durante a última noite, 200 procuraram os abrigos espontaneamente para se proteger do frio e 62 foram encaminhadas pelas equipes da Fundação de Ação Social (FAS) que percorrem a cidade para oferecer acolhimento a essa população. As outras 322 pessoas já são atendidas permanentemente nas unidades de acolhimento institucional e hotéis sociais do município, onde podem ficar até que possam deixar as ruas.

Das 18h às 7h, as equipes da FAS realizaram 101 abordagens, 53 delas foram solicitadas pela população por meio da Central 156 e seis foram por telefone. Em 17 casos, as equipes se deslocaram até os endereços indicados, mas já não havia mais ninguém no local. “Durante as abordagens, as equipes de educadores sociais oferecem atendimento e falam dos riscos da contaminação do novo coronavírus”, explica a diretora de Atenção à População em Situação de Rua, Vanessa Resquetti.

LEIA TAMBÉM:

Apesar da oferta dos serviços e também do frio, 31 pessoas não aceitaram ir para os abrigos, que oferecem banho, troca de roupa, alimentação e dormitório. Em função da pandemia da Covid-19, os acolhidos não precisam deixar as unidades pela manhã, podendo permanecer nos locais durante o dia e à noite. A FAS pede que a população ajude a proteger as pessoas em situação de rua, principalmente nos dias mais frios, informando à Central 156 sempre que vir alguém nessa condição. Basta ligar para o 156 ou acessar o aplicativo Curitiba 156 e informar o endereço em que a pessoa se encontra.

Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X