DESKTOP

Vítima de vandalismo, bandeira do Brasil foi recolocada em frente ao Palácio Iguaçu

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Monique Benoski

normal 02062020ASTEAMENTO DA BANDEIRA020520 19 1 - Vítima de vandalismo, bandeira do Brasil foi recolocada em frente ao Palácio Iguaçu
O vandalismo da última segunda-feira (01) exigiu a troca da bandeira nacional, no Palácio Iguaçu. (Foto: Ari Dias/AEN)

A bandeira do Brasil que fica em frente ao Palácio Iguaçu foi uma das vítimas do vandalismo da noite de segunda-feira (01) e teve que ser retirada por determinação do governador Ratinho Jr. O local onde ficam os mastros com as bandeiras do Paraná e do Brasil, chamado de Pavilhão Nacional, foi depredado com pichações. E os próprios mastros também tiveram o mecanismo que conduz o hasteamento danificado pelos vândalos.

Depois do sistema de hasteamento consertado e das pichações removidas, nesta terça-feira (02), a bandeira foi recolocada. As bandeiras foram deixadas na metade do mastro em sinal de luto oficial pela morte de três servidores do Estado que atuavam na Casa Civil.

LEIA TAMBÉM:

O lutador Wanderley Silva convocou seus seguidores para se encontrarem no fim da tarde de ontem na Praça 29 de dezembro para seguir juntos ao Palácio Iguaçu e participar da cerimônia de recolocação da bandeira nacional. Confira o vídeo.

O lutador Wanderley Silva convocou seus seguidores para uma passeata até o Palácio Iguaçu. (Vídeo: Reprodução internet)
Após a passeata e a cerimônia, Wanderley Silva manifesta orgulho que sentiu dos participantes. (Vídeo: Reprodução Instagram)

De acordo com o governador, ações e manifestações pacíficas receberão suporte operacional da Polícia Militar, porém, vandalismo é crime. “Aqueles que porventura pensam em se aproveitar da situação para promover baderna serão punidos pela força policial”, declarou Ratinho Jr.

Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X