DESKTOP

Hotel na região da Rodoferroviária vai abrigar população de rua de Curitiba

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Da Redação

00299693 1 - Hotel na região da Rodoferroviária vai abrigar população de rua de Curitiba
A prefeitura contratou 150 vagas para homens no Hotel Maia, na Avenida Presidente Affonso Camargo. (Foto: Divulgação/Ricardo Marajó-FAS)

A população de rua de Curitiba terá mais um hotel social à sua disposição a partir da próxima segunda-feira (8). A prefeitura contratou 150 vagas para homens no Hotel Maia, na Avenida Presidente Affonso Camargo, no Jardim Botânico. O contrato foi assinado nesta quarta-feira (3) pelo prefeito Rafael Greca com os proprietários do hotel. Segundo Greca, a medida é para evitar que as pessoas fiquem expostas às baixas temperaturas, correndo o risco de hipotermia, e também contribuir para o isolamento social durante a pandemia da Covid-19. Os acolhidos ficarão em quartos coletivos, com até quatro pessoas, e terão direito a jantar e café da manhã.

O presidente da Fundação de Ação Social de Curitiba (FAS), Fabiano Vilaruel, explicou que terão direito às vagas homens a partir de 18 anos que já possuem alguma autonomia, como emprego com carteira assinada ou uma atividade informal que gere renda. O hotel receberá apenas pessoas em situação de rua encaminhadas pela FAS, depois de passarem por uma avaliação técnica na Central de Encaminhamento Social 24 Horas, nas casas de passagem ou nos Centros de Referência Especializados da Assistência Social (Creas). Os acolhidos receberão a roupa de cama e também poderão deixar seus pertences no local das 18h às 9h.

Distanciamento forçou abertura de novas vagas

A abertura do hotel tem por objetivo suprir vagas que foram reduzidas nas unidades já existentes por conta da pandemia da Covid-19. Seguindo as determinações da Saúde, a FAS tomou medidas para garantir o distanciamento entre as pessoas e evitar o risco de contaminação pelo novo coronavírus e isso implicou na redução de vagas em algumas unidades. Com a contratação do Hotel Maia, Curitiba passa a contar com 1.318 vagas para moradores e rua, com capacidade de chegar a 1,8 mil. A nova unidade será coordenada pela FAS e mantida com recursos federais.

LEIA TAMBÉM:

Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X