DESKTOP

Brasil será o primeiro país com permissão para envio e recebimento de dinheiro pelo WhatsApp

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Monique Benoski

whats 1 - Brasil será o primeiro país com permissão para envio e recebimento de dinheiro pelo WhatsApp
Brasil será o primeiro país a permitir novidade do WhatsApp: recebimento e envio de dinheiro pelo app. (Foto: Divulgação/WhatsApp)

O WhatsApp vai permitir o envio e o recebimento de valores em dinheiro. Em nota divulgada nesta segunda-feira (15), o aplicativo anunciou que o Brasil será o primeiro país a colocar a novidade em prática, a partir das próximas semanas, sem custos para os usuários. Para fazer as transferências, será necessário cadastrar um cartão de débito. Contas do WhatsApp Business também poderão receber pagamentos por produtos e serviços. De acordo com o app, os pagamentos acontecerão dentro de uma função chamada Facebook Pay. O WhatsApp, o Instagram e o Facebook são redes sociais de um mesmo dono e a ideia é que no futuro as funções de pagamento sejam disponibilizadas em toda a família de aplicativos da empresa.

Funcionalidade

O primeiro passo para enviar e receber dinheiro pelo WhatsApp será cadastrar um cartão na função Facebook Pay. Em seguida, no mesmo menu do envio de fotos, haverá uma opção chamada Pagamento. Ao clicar nessa opção, o usuário deverá colocar o valor da transferência. A próxima etapa é a criação de uma conta. Será necessário aceitar os termos de uso da plataforma, criar uma senha de 6 dígitos, incluir nome, CPF e um cartão emitido por um dos bancos parceiros (Visa e Mastercard dos bancos Nubank, Sicredi e Banco do Brasil). Para evitar o cadastro de cartões roubados, por exemplo, será preciso verificar o cartão no banco, que enviará um código ao usuário por e-mail, SMS ou app do próprio banco. O uso da senha (ou reconhecimento biométrico) será necessário toda vez que o usuário utilizar o serviço. As informações do cartão são encriptadas.

As transações só poderão ser feitas em real e dentro do Brasil. Haverá um limite de R$ 1.000,00 por transação, R$ 5.000,00 reais por mês e será possível fazer até 20 transações por dia. As transferências serão intermediadas pela Cielo. Para as contas comerciais, usando o WhatsApp Business, será preciso ter uma conta Cielo para solicitar e receber pagamentos ilimitados, tanto de crédito quanto de débito, oferecer reembolsos e ter suporte técnico. Os comerciantes, diferentemente dos usuários, pagam uma taxa fixa de 3,99% por transação. Segundo o WhatsApp, o modelo é aberto e está disponível para receber outros bancos parceiros no futuro.

LEIA TAMBÉM:

De acordo com o diretor de operações do WhatsApp, Matt Idema, pequenas empresas são fundamentais para a economia do país. A capacidade de realizar vendas com facilidade no WhatsApp ajudará os empresários a se adaptar à economia digital, além de apoiar o crescimento e a recuperação financeira. O Whats não é o primeiro a expandir um aplicativo de mensagens em sistema de transferências eletrônicas. Na China, o WeChat lançou essa modalidade e atualmente é também rede social e plataforma de vendas.

Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X