DESKTOP

A badalada e deslumbrante Cote D’Azur é o tema da coluna de Daniela Barranco

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Em suas andanças pelo mundo antes da pandemia, a arquiteta e colunista Daniela Barranco conta sobre sua passagem pela mítica Riviera Francesa, no Mar Mediterrâneo.

A badalada e deslumbrante Cote D’Azur

Foto 3 1 1024x683 - A badalada e deslumbrante Cote D’Azur é o tema da coluna de Daniela Barranco
Ópera de Monte Carlo, em Mônaco. (Foto: Acervo pessoal)

Cote d’Azur, Costa Azul, é um destino encantador do litoral francês entre Toulon e Menton, na fronteira com a Itália. Uma das faixas litorâneas mais famosas e charmosas do mundo – ela é destino de celebridades, cenário de filmes e festivais de cinema. Uma sequência de cidades próximas que se localizam entre os rochedos e o Mar Mediterrâneo.

Entre as cidades encantadoras da região, selecionei algumas que me foram marcantes e considero imperdíveis. Confira:

Foto 2 1 1024x683 - A badalada e deslumbrante Cote D’Azur é o tema da coluna de Daniela Barranco
Casino Monte Carlo, em Mônaco. (Foto: Acervo pessoal)

Com pouco mais de 2 km² de área, o Principado de Mônaco não é apenas um dos destinos mais luxuosos do mundo, mas também um lugar marcado por novos designs modernistas e belos edifícios da Belle Époque. A arquitetura de Mônaco é diversa e fascinante, oferecendo uma variedade espetacular de estilos arquitetônicos.

O cassino de Mônaco é o edifício icônico do principado. Sua construção começou em 1863 e desde então tem desempenhado um papel fundamental no passado e no presente de Mônaco. O arquiteto Charles Garnier assina o projeto do cassino e também da Ópera Palais Garnier, em Paris.

O Hermitage Hotel é outro exemplo maravilhoso da arquitetura da região, no estilo de palácio Belle Epoque. Construído na década de 1890, tem projeto assinado pelo arquiteto Nicolas Marquet, com participação de Gustave Eiffel. O interior deste edifício é igualmente impressionante, principalmente no lobby, que apresenta um teto de cúpula de vidro espetacular.

Outro prédio icônico de Mônaco é o Museu Oceanográfico, um imponente edifício Barroco Revival que fica no penhasco com vista para o Mediterrâneo. A edificação demorou 11 anos para ser construída.

Nice

Foto 1 1 683x1024 - A badalada e deslumbrante Cote D’Azur é o tema da coluna de Daniela Barranco
A arquiteta e traveller Daniela Barranco em frente ao Casino Monte Carlo, em Mônaco. (Foto: Acervo pessoal)

Ao lado de Mônaco, a cidade francesa de Nice é conhecida por sua deslumbrante costa cênica, pois conta com diversas maravilhas naturais e arquitetônicas. Desde os vestígios romanos até a famosa Promenade des Anglais, o ambiente construído de Nice combina com o natural. Dos distintos telhados alaranjados do Mediterrâneo às grandes vilas de “La Belle Époque”.

Um dos grandes representantes da arquitetura art déco em Nice é o distrito de Musiciens, a edificação recusa ângulos retos, de modo que os edifícios de esquina costumam ser arredondados. As formas orgânicas junto à paisagem trazem uma atmosfera única à cidade. Nice é uma cidade para guardar no coração.

Cannes

Berço de um dos mais renomados festivais de cinema do mundo, Cannes está sempre no destino das celebridades. Mas a cidade vai muito além das telas de cinema, sendo o destino certo para os amantes da arquitetura – seja na encantadora sala de chá do antigo Grand Hotel (que agora é o Museu de Arte Contemporânea) ou na casa particular de Pierre Cardin (o Palais Bulles), Cannes está repleta de edificações icônicas e históricas.

Saint-Tropez

Foto 5 1 1024x699 - A badalada e deslumbrante Cote D’Azur é o tema da coluna de Daniela Barranco
Saint-Tropez, Riviera Francesa. (Foto: Acervo pessoal)

Brigitte Bardot a definiu como um “pequeno recanto do paraíso”. Com sua paisagem ondulante, longas praias douradas e luz de tirar o fôlego, Saint-Tropez é um dos destinos mais atraentes da Riviera Francesa.

A península ainda abraça sua história como uma tranquila vila de pescadores e um reduto de artistas – que atraiu pintores como Henri Matisse. A cidade tem como um de seus prédios icônicos o Hotel Byblos, lar do restaurante Rivea, do chef Alain Ducasse, com concepção do designer italiano Antonio Citterio.

Foto 4 1 683x1024 - A badalada e deslumbrante Cote D’Azur é o tema da coluna de Daniela Barranco
Saint-Tropez, Riviera Francesa. (Foto: Acervo pessoal)

Cassis

A cidade francesa de Cassis foi construída em torno de um grande porto que é lar de pescadores franceses há séculos. Muitos dos edifícios históricos ao longo da orla são estruturas altas e delgadas, com persianas tradicionais e fachadas coloridas.

A região costeira de Cassis abriga algumas formações rochosas espetaculares. Inclusive a rocha usada na base da Estátua da Liberdade, em Nova York, foi retirada desta área. Os Calanques de Cassis, espécie de fiordes, que se abrem para o mar azulado, são de tirar o folego. A cidade apresenta uma paisagem inesperada e exuberante.

Marselha

Foto 7 1 1024x683 - A badalada e deslumbrante Cote D’Azur é o tema da coluna de Daniela Barranco
Cidade Portuária de Marselha, Riviera Francesa. (Foto: Acervo pessoal)

Arquitetos modernistas reconstruíram um terço da arquitetura de Marselha após a Segunda Guerra Mundial, período em que foi ocupada pelo exército alemão.

A cidade conta com um dos maiores exemplos de arquitetura brutalista, a “Casa do Nutter”, assinada pelo grande arquiteto Le Corbusier. Originalmente a construção era uma ideia inovadora de habitação coletiva para muitos desabrigados.

Aqui também se encontra o icônico “La Marseillaise”, um arranha-céu projetado por Jean Nouvel, como parte de um projeto maior de renovação urbana.

Uma das mais recentes obras abrange a área portuária, com linhas contemporâneas, o MuCEM é um museu estrategicamente localizado à beira-mar. Uma união entre passado e presente em forma de concreto, como um imenso emaranhado de fios condutores. Uma proposta que o visitante tem, em todos os ângulos, uma visão magnífica do Mediterrâneo.

LEIA TAMBÉM:

Avignon e Lyon

Foto 8 1.jpgCAPA 1 1024x743 - A badalada e deslumbrante Cote D’Azur é o tema da coluna de Daniela Barranco
Museu Confluence, cidade de Lyon, na França. (Foto: Acervo pessoal)

As duas cidades encontram-se fora da costa, mas merecem uma visita longa pela região. Estão a uma distância pequena da costa francesa e contam com uma beleza memorável e repleta de história. Vale a pena colocar as cidades no roteiro de viagem.

A Riviera Francesa é famosa por ser um destino glamuroso e de luxo, mas esse destino não se limita a essas qualidades. Lá você encontra paisagens estonteantes unindo as belezas naturais à arquitetura moderna e antiga da região. Tudo com charme, elegância e muita personalidade.

Foto 6 1 683x1024 - A badalada e deslumbrante Cote D’Azur é o tema da coluna de Daniela Barranco
Comuna de Cassis, Riviera Francesa. (Foto: Acervo pessoal)

Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X