DESKTOP

Má notícia: carro dos Correios é atingido por queda de árvore nas Mercês

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Da Redação

WhatsApp Image 2020 06 30 at 14.05.42 2 1024x576 - Má notícia: carro dos Correios é atingido por queda de árvore nas Mercês
O veículo estava estacionado na vaga de visitantes de um edifício da Rua Desembargador Motta, nas Mercês. (Foto: Divulgação)

Uma árvore caiu derrubada pelo vento no início da tarde desta terça-feira (30), entre 12h30 e 12h40, atingindo uma van dos Correios. O veículo estava estacionado na vaga de visitantes de um edifício da Rua Desembargador Motta, nas Mercês. Segundo um morador, a área onde estava a árvore pertence à prefeitura e foi doada pela construtora para futuro alargamento rua. O condomínio tinha aberto solicitação na prefeitura para que fizesse o desbaste da árvore, porém nunca foi atendida, de acordo com o mesmo morador. Hoje, com a força dos ventos, ela acabou cedendo. Felizmente, ninguém se feriu. (Assista ao vídeo). Guardas municipais isolaram o local e a Secretaria Municipal do Meio Ambiente foi acionada para fazer o corte e a remoção da árvore.

(Vídeo: Divulgação)

Fique em casa, pede prefeitura

Durante a manhã desta terça-feira, a prefeitura recebeu 14 solicitações para verificação de quedas de árvores em oito endereços diferentes. Entre elas, está a queda de uma árvore de grande porte que atingiu poste de luz e transformadores na Rua Carneiro Lobo, no Batel. A Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil reforçou a recomendação para que as pessoas evitem sair de casa. Além da necessidade de isolamento social, como forma de enfrentamento à pandemia do novo coronavírus, fortes ventos devem continuar atingindo as mais diversas regiões da cidade, podendo provocar estragos e acidentes. “Nossa equipe está alerta e em constante monitoramento das condições climáticas na cidade, cruzando informações de diversos sistemas e serviços meteorológicos”, informou o coordenador da Defesa Civil, João Batista dos Santos.

“Em horários com grande incidência de ventos, o ideal é que a população não saia de casa, a pé ou dentro de um veículo. Se a saída for de extrema necessidade, deve-se evitar estacionar o veículo ou procurar abrigo embaixo de toldos de postos de combustível e em ruas com muitas árvores grandes, para evitar transtornos com possíveis quedas”, recomenda o coordenador da Defesa Civil.

LEIA TAMBÉM:

O órgão alerta para a previsão de mais ventos – de moderados a fortes – no decorrer do dia, com chuva para os períodos da tarde e da noite. Não é descartada a possibilidade de temporais. Segundo informações do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), os ventos devem variar de 60km/h a 100km/h, com risco de queda de árvores, destelhamento de casas e danos gerais em edificações e plantações.

Informações via 156

O cidadão que precisar comunicar a Prefeitura sobre a queda de árvores deve utilizar o telefone 156 da Central de Atendimento ao Cidadão, pelo site (www.central156.org.br) ou pelo aplicativo do serviço. O atendimento é feito por ordem de chamada e também de acordo com a gravidade da situação relatada.

(Vídeo: Divulgação)

Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X