DESKTOP

Entidades de bares e restaurantes lançam campanha para que Ratinho Jr. não renove quarentena

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Da Redação

WhatsApp Image 2020 07 13 at 15.52.46 1 1024x1024 - Entidades de bares e restaurantes lançam campanha para que Ratinho Jr. não renove quarentena
A intenção da campanha é convencer o governo do estado a não estender as medidas restritivas contidas no último decreto assinado pelo governador Ratinho Jr. (Foto: Divulgação)

A Abrabar-PR (Associação de Bares e Casas Noturnas do Paraná), a Abrasel-PR (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes do Paraná), o Sindshopping (Sindicato dos Lojistas do Comércio Estabelecido em Shoppings Centers de Curitiba) e a Aepar (Associação dos Empresários do Paraná) lançaram no fim de semana a campanha “Não renova a quarentena governador”.

A intenção é convencer o governo do estado a não estender as medidas restritivas contidas no último decreto assinado pelo governador Ratinho Jr., que restringe várias atividades econômicas no estado, com validade de 14 dias e que vencem nesta terça-feira (14). O presidente da Abrabar, Fabio Aguayo, disse que o chefe da Casa Civil do governo do estado, Guto Silva, lhe assegurou que Ratinho Jr. não pretende renovar a quarentena e que deixará a decisão a cargo de cada município.

LEIA TAMBÉM:

As três entidades pretendem fazer o mesmo com o prefeito Rafael Greca. Segundo Aguayo, informações extra-oficiais indicam que a prefeitura poderá emitir novo decreto abrandando as medidas para o setor de entretenimento. Entretanto, a secretária Municipal da Saúde, Marcia Huçulak, disse nesta segunda-feira (13) à rádio CBN que a prefeitura está aguardando o que o governo do estado irá fazer para se pronunciar. “Nós temos algumas conversas com a secretaria de estado da Saúde, não sei qual é a decisão do governo, mas percebo que há uma certa preocupação da sociedade e nós entendemos esse momento, as pessoas também precisam trabalhar, ganhar seu pão”, afirmou, sinalizando um possível abrandamento das medidas.

Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X