DESKTOP

Avenidas Visconde de Guarapuava e Wenceslau Braz ganham motocaixas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Da Redação

00289519 - Avenidas Visconde de Guarapuava e Wenceslau Braz ganham motocaixas
A Avenida Presidente Kennedy recebeu o projeto-piloto das motocaixas no fim de 2019. (Foto: Divulgação/Prefeitura de Curitiba)

Hoje, segunda-feira (27), é o Dia Nacional do Motociclista e, para celebrar a data, a prefeitura de Curitiba anunciou a implementação de espaços delimitados à frente dos demais veículos em cruzamentos com semáforos nas avenidas Visconde de Guarapuava e Wenceslau Braz. A ideia, que vem sendo testada em diversos centros urbanos, é que as motos ocupem esses espaços, chamados de motocaixas, e saiam antes dos outros veículos quando o sinal abrir.

Todos os 16 cruzamentos com semáforos da Visconde de Guarapuava, nas duas pistas, contarão com motocaixas. Na Wenceslau Braz serão quatro por sentido, Linha Verde e Portão.

Segundo a superintendente de Trânsito da prefeitura, Rosangela Battistella, às ruas escolhidas são vias arteriais, com maior capacidade de receber veículos e em sentido único (caso da Wenceslau Braz, com sentidos separados por canteiro central), onde é possível contribuir para reduzir o índice de acidentes envolvendo motociclistas.

LEIA TAMBÉM:

Análise da Setran, com base em dados de acidentes registrados pelo Batalhão de Polícia Militar (BPTran), mostra que a Visconde de Guarapuava está entre as dez vias da cidade com maior número de acidentes envolvendo motociclistas, ocupando a nona posição. No acumulado dos últimos cinco anos, foram 145 acidentes na avenida. Na Wenceslau Braz, foram 51 acidentes no período.

Outras vias importantes de ligação entre bairros também já receberam o projeto-piloto das motocaixas. É o caso do trecho sul da Linha Verde e da Avenida Presidente Kennedy, onde a implantação ocorreu no fim de 2019. Antes disso, o projeto foi testado em dois pontos das avenidas Victor Ferreira do Amaral e Marechal Floriano Peixoto.

Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X