DESKTOP

Adega de restaurante curitibano conquista prêmio internacional

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Gabriela Fialho

Foto Gerson Lima 018 bx 1024x683 - Adega de restaurante curitibano conquista prêmio internacional
Inaugurada em 2006 pelo chef Junior Durski, a adega conta com mais de 2,5 mil rótulos e mais de 100 safras de 26 países, sendo a mais antiga de 1780. (Foto: Divulgação/Gerson Lima)

A adega do restaurante Durski, em Curitiba, acaba de receber o prêmio Wine Spectator’s 2020 Best of Award of Excellence, concedido pela publicação norte-americana Wine Spectator, especializada em vinhos. É a quarta vez que a adega é premiada. Inaugurada em 2006 pelo chef Junior Durski, a adega conta com mais de 2,5 mil rótulos e mais de 100 safras de 26 países, sendo a mais antiga de 1780.

Os vinhos estocados somam 12 mil garrafas no total, com destaque para o celebrado Château Haut-Brion, de 1934, as 78 safras do Château d’Yquem – melhor vinho branco doce do mundo, sendo a mais antiga do ano de 1893 – e o lendário Romanée-Conti, que tem seis safras diferentes.

LEIA TAMBÉM:

A adega é climatizada e divida em três seções: uma para vinhos de maior rotatividade, outra para os estoques das marcas com maiores quantidades e a adega blindada, que abriga os vinhos de longa guarda.

O espaço já conquistou os prêmios de “Melhor do Brasil pelo Guia 4 Rodas”, “Melhores do Ano” pela revista Prazeres da Mesa e “Melhor Adega de Curitiba”, pelo jornal Gazeta do Povo. Em junho deste ano, além da premiação, a adega também participou do leilão beneficente “Juntos pelo Erastinho”, com a doação de 180 garrafas em prol do hospital oncopediátrico que está prestes a ser inaugurado. O leilão, realizado no dia 24 de junho, arrecadou R$ 1.272.000.

Siga-nos no Instagram para ficar sempre por dentro das notícias:

Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X