DESKTOP

Pandemia faz de Curitiba uma das cidades mais adúlteras do Brasil, aponta site

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Da Redação

Brazil 1 1024x1024 - Pandemia faz de Curitiba uma das cidades mais adúlteras do Brasil, aponta site
As principais cidades do país onde mais ocorrem casos extraconjugais cibernéticos. (Foto: Divulgação/Ruby)

Curitiba é a sexta colocada em um ranking no mínimo polêmico que acaba de ser divulgado: o das 20 cidades mais adúlteras do Brasil. Levando em conta a pandemia, que obrigou todo mundo a ficar em casa, o que significa passar 24 horas por dia com seu cônjuge, a pesquisa da Ashley Madison, plataforma líder em relacionamentos extraconjugais, apontou as principais cidades do país onde mais ocorrem casos extraconjugais cibernéticos. A primeira colocada é Brasília. A lista das Top 20 cidades baseia-se em inscrições na plataforma de 21 de março a 1º de julho deste ano em uma base per capita. Além de Brasília, Curitiba só perde para Manaus, São Paulo, Goiânia e Campo Grande e está bem à frente de cidades liberais, como o Rio de Janeiro, na nona posição, e Salvador, na 15ª.

O estado de São Paulo, o mais rico e populoso do país, também é a região mais infiel, com cinco cidades na lista, incluindo a capital, Guarulhos e Campinas entre as dez principais. Liderando o ranking, como primeiro lugar para trair durante a quarentena, Brasília aparece como a cidade onde as pessoas lidam com grandes pressões e muitas moram na capital federal durante a semana, com domicílio permanente em outras cidades.

3840032 1024x1024 - Pandemia faz de Curitiba uma das cidades mais adúlteras do Brasil, aponta site
Relacionamentos extraconjugais cibernéticos servem como uma fuga para indivíduos em situações difíceis em casa. (Foto: Divulgação/Freepik)

O encontro pessoalmente pode ser impossível no momento, mas isso não impediu os usuários da plataforma de dar uma escapadinha do casamento. De qualquer forma, esses relacionamentos extraconjugais cibernéticos servem como uma fuga para indivíduos em situações difíceis em casa.

“Esses casos extraconjugais virtuais servem como uma válvula de escape para indivíduos que lidam com pressões crescentes no casamento e na vida doméstica”, diz Paul Keable, diretor de estratégia da Ashley Madison. “Com o aumento das taxas de divórcio nos países que iniciaram a reabertura, oferecemos um caminho alternativo para ajudar as pessoas a lidar e, finalmente, ajudar os casais a preservar o casamento depois que a poeira baixar”, acrescenta Keable.

Veja as Top 20 cidades para casos virtuais durante o isolamento social

  1. Brasília, DF
  2. Manaus, AM
  3. São Paulo, SP
  4. Goiânia, GO
  5. Campo Grande, MS
  6. Curitiba, PR
  7. Guarulhos, SP
  8. Campinas, SP
  9. Rio de Janeiro, RJ
  10. Belo Horizonte, MG
  11. Porto Alegre, RS
  12. João Pessoa, PB
  13. São Bernardo do Campo, SP
  14. São Luís, MA
  15. Salvador, BA
  16. Santo André, SP
  17. Duque de Caxias, RJ
  18. Recife, PE
  19. Teresina, PI
  20. Natal, RN

LEIA TAMBÉM:

Siga-nos no Instagram para ficar sempre por dentro das notícias:

Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X