DESKTOP

Nadador Gustavo Borges cobra reabertura das academias com piscinas em Curitiba

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Da Redação

O nadador e empresário Gustavo Borges gravou um vídeo na última terça-feira (4) em que questiona a manutenção da proibição de atividades físicas aquáticas no novo decreto da prefeitura de Curitiba, anunciado na véspera. A prefeitura prorrogou até a próxima segunda-feira (10) as medidas do decreto 940, que estabeleceu restrições para o funcionamento de atividades e serviços na cidade para conter o avanço da Covid-19. Gustavo Borges tem duas escolas de natação em Curitiba, fechadas desde 20 de março. Assista.

A pedido do portal, a Secretaria Municipal da Saúde enviou a seguinte resposta:

“Desde o início da pandemia em Curitiba, em 11 de março, quando foram registrados os primeiros casos, a cidade vem monitorando as informações diariamente. É esse monitoramento também que define as medidas a serem tomadas para conciliar a proteção dos moradores da cidade contra a infecção pelo novo coronavírus com a necessidade de manter a cidade em funcionamento. Logo no início foram definidos os serviços e atividades essenciais. Também foi suspenso o funcionamento de alguns estabelecimentos. E outros têm funcionado seguindo regras específicas quanto a horários e condições para abertura, conforme o momento. Atividades em locais com maior potencial de transmissão do vírus ainda não podem ser liberadas. No caso das atividades físicas em piscinas, é alto o risco ao sair da água, devido ao contato corporal com várias superfícies, além de se tratar de um ambiente, em muitos casos, sem ventilação e muito úmido. Essas atividades, também, dificultam o uso permanente da máscara”.

LEIA TAMBÉM:

Siga-nos no Instagram para ficar sempre por dentro das notícias:

Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X