DESKTOP

Estado e prefeitura de Curitiba vão compartilhar dados de segurança

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Da Redação

1531265685 5b4542dd55f57 cco 1 - Estado e prefeitura de Curitiba vão compartilhar dados de segurança
A Secretaria da Segurança Pública do Paraná poderá ter acesso a imagens das câmeras de monitoramento de Curitiba, além da Base Cartográfica.(Foto: Divulgação/Pedro Ribas-SMCS)

A Secretaria da Segurança Pública do Paraná e a prefeitura de Curitiba assinaram nesta quinta-feira (13) um termo de cooperação técnica para o compartilhamento de dados e informações de inteligência. Com o acordo, a secretaria poderá ter acesso a imagens das câmeras de monitoramento da capital, além da Base Cartográfica. Já a Guarda Municipal de Curitiba terá acesso a informações sobre mandados e consulta de veículos em situação irregular e poderá confeccionar e consultar o sistema de Boletim de Ocorrência Unificado (BOU), possibilitando que os órgãos estaduais e municipais atuem de forma integrada no combate a essas práticas criminosas. O convênio foi assinado pelo secretário da Segurança, Rômulo Marinho Soares, o prefeito Rafael Greca e o secretário municipal de Defesa Social e Trânsito, Guilherme Rangel.

Com o acordo, a Secretaria da Segurança Pública passa a contar com 22 municípios conveniados para compartilhamento de dados, abrangendo mais de 5,4 milhões de pessoas. Segundo o secretário Romulo Marinho Soares, a troca de informações permite que as forças de segurança possam dar maior celeridade aos trabalhos de combate a práticas criminosas. “Com o acesso ao mapeamento e dados dos municípios, as polícias podem desenvolver ações específicas por região, além de realizar operações voltadas para a necessidade da área”, explica Rômulo Soares.

LEIA TAMBÉM:

Os servidores de Curitiba também poderão acessar campos específicos da ferramenta utilizada para análise de dados no estado, o Business Intelligence (B.I.). Para o secretário municipal de Defesa Social e Trânsito, Guilherme Rangel, a cooperação tem como objetivo garantir segurança efetiva ao cidadão curitibano e integração entre as instituições. “Agora, a Guarda Municipal passa a ter acesso aos dados e a intranet, pode fazer os boletins de ocorrência e auxiliar mais ainda as forças de segurança pública do estado. Em contrapartida, o estado terá acesso aos dados cadastrais do setor de finanças e do setor de educação, além das câmeras e radares disponíveis para o município”, disse.

Siga-nos no Instagram para ficar sempre por dentro das notícias:

Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.