DESKTOP

Terminais de transporte coletivo de Curitiba recebem termômetros para medir temperatura

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Da Redação

O terminal do Santa Cândida foi o primeiro a receber os termômetros, três ao todo, que já estão em funcionamento. (Foto: Divulgação)

Os terminais de transporte coletivo de Curitiba começaram a receber termômetros de parede para a medição de temperatura de usuários e operadores, como medida de prevenção à Covid-19. Até o início de setembro serão implantados 43 aparelhos nos 21 terminais da cidade, segundo a Urbs. Os de maior circulação de pessoas – como Pinheirinho, Santa Cândida, Capão Raso, Boqueirão e Cabral – receberão mais de um termômetro, para evitar a formação de filas. Na semana passada, foram implantados três deles no terminal do Santa Cândida, que já estão em funcionamento. A medição dura cerca de cinco segundos. Basta o passageiro se posicionar em frente ao equipamento e conferir sua temperatura.

Até o início de setembro serão implantados 43 termômetros nos 21 terminais da cidade, segundo a Urbs. (Foto: Divulgação)

O termômetro marca normalmente até 37,8ºC. Acima dessa temperatura, é acionado um alarme, com luzes vermelhas. A orientação é para que pessoas com temperatura acima desse grau não embarquem nos ônibus e procurem assistência médica.

Além dos termômetros, os terminais contam com dispensers de álcool gel e o Exército, em parceria com a Urbs, vem fazendo a sanitização especial dos ônibus com quaternário de amônio. A desinfecção dura cerca de 3 minutos e é realizada logo após todos os passageiros desembarcarem. Toda a frota operante da capital, de cerca de 900 veículos, será higienizada, além dos veículos do transporte metropolitano.

LEIA TAMBÉM:

Siga-nos no Instagram para ficar sempre por dentro das notícias:

Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X