DESKTOP

Curitiba terá o primeiro edifício WELL do Brasil, com vários itens relacionados ao bem-estar

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Da Redação

PIN IMG EXT 03 PRAÇA R01 1024x640 - Curitiba terá o primeiro edifício WELL do Brasil, com vários itens relacionados ao bem-estar
O edifício será construído na Alameda Presidente Taunay, esquina com a Rua Saldanha Marinho, próximo à Praça da Espanha. (Foto: Divulgação)

O Pinah, novo empreendimento residencial da construtora Laguna, com previsão de lançamento para novembro, será o primeiro do país a buscar a certificação WELL, selo focado exclusivamente na saúde e bem-estar. O selo está baseado em 10 categorias relacionadas a essa área no ambiente construído: ar, água, nutrição, luz, movimento, conforto térmico, som, materiais, mente e comunidade. O edifício será construído na Alameda Presidente Taunay, esquina com a Rua Saldanha Marinho, próximo à Praça da Espanha.

Cercado de árvores e com amplo acesso a restaurantes, bares e comércios, as residências suspensas do Pinah serão projetadas para atender plenamente às necessidades dos moradores e encantar os convidados. “Vamos trazer para nossos clientes diferenciais construtivos e tecnológicos que certamente vão elevar a qualidade de vida dos moradores. Será um imóvel inconfundível”, diz André Marin, diretor de incorporação da Laguna.

LEIA TAMBÉM:

A construtora é a primeira e única representante do país a fazer parte do “WELL Portfolio”, um seleto grupo com apenas 30 empresas de todo o mundo, comprometidas em desenvolver projetos que promovam qualidade de vida, saúde e bem-estar aos consumidores e à comunidade. Um empreendimento com este certificado pode melhorar a alimentação, humor, padrões de sono e desempenho dos seus moradores. O Pinah contará com monitoramento da qualidade do ar; amplo uso da luz natural, água filtrada nas unidades e bebedouros nas áreas comuns, banheiro família; promoção de saúde nutricional, horta, espaços restauradores e acesso à natureza (bosque das araucárias).

O paisagismo, assinado por Felipe Reichman, deve ser um dos destaques do Pinah. O próprio nome é uma homenagem às araucárias do terreno, a árvore símbolo do Paraná. Pinah é uma variação do latim “pinu” ou do inglês “pine”. As obras começam no primeiro semestre de 2021 e a entrega está prevista para o segundo semestre de 2023.

Siga-nos no Instagram para ficar sempre por dentro das notícias:

Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X