Conheça os sintomas e o tratamento para o câncer de próstata na Coluna Saúde em foco

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

A coluna Saúde em foco de hoje apresenta os principais sintomas e os possíveis tratamentos para o câncer de próstata. A coluna é assinada pela jovem equipe do Laboratório de Análises Clínicas Caboracy Kosop e aborda diversos temas atuais relacionados à saúde. Confira.

Astro de Hollywood lida com o câncer de próstata há anos

Laboratório Caboracy Kosop

ian mckellen awards spotlight Créditos Daniel Bergeron 2015 1 657x1024 - Conheça os sintomas e o tratamento para o câncer de próstata na Coluna Saúde em foco
O ator britânico Sir Ian McKellen. (Foto: Daniel Bergeron)

O ator britânico Sir Ian McKellen (81) é mundialmente famoso por interpretar personagens como o mago Gandalf (da franquia O Senhor dos Anéis) e o vilão Magneto (X-Men). O que nem todos sabem é que ele convive com o câncer de próstata desde 2012. O diagnóstico veio quando o ator decidiu procurar um médico após notar que algo estava errado devido à alta frequência com a qual ia ao banheiro durante a noite. Na época, McKellen chegou a afirmar aos jornais britânicos que achou ser o fim de sua vida. Entretanto, desde então vem realizando acompanhamento regular, que não apontou necessidade de tratamento até o momento.

Sintomas podem aparecer somente em estágios mais avançados

A alteração na atividade urinária percebida pelo astro de Hollywood é um sintoma conhecido, mas não é o único capaz de indicar a presença do câncer de próstata. Além desse sintoma, pode ocorrer sensação de bexiga cheia mesmo após urinar, presença de sangue na urina e dor ao urinar, além de infertilidade e disfunções sexuais. A questão é que os sintomas do câncer de próstata não são facilmente identificáveis em seu estado inicial, de modo que muitos pacientes já estão em estado avançado quando diagnosticados.

No Brasil, o Câncer de Próstata e o Câncer de Cólon e Reto representam os 2 tipos de câncer mais comuns entre os homens. De acordo com o INCA – Instituto Nacional de Câncer, eles respondem respectivamente por 29,2% e 9,1% dos casos totais no país. Ou seja, esses dois tipos de câncer juntos representam cerca de 40% de todos os casos de neoplasia nos homens brasileiros. Por essa razão, merecem atenção especial para o diagnóstico precoce.

90% dos casos são curáveis quando diagnosticados cedo

O Antígeno Prostático Específico (PSA, em inglês) é uma proteína produzida exclusivamente pela próstata, que após ser produzida é liberada na corrente sanguínea e pode ser dosada por meio de exame laboratorial. A função do exame PSA é auxiliar no diagnóstico de alterações existentes na próstata, como por exemplo, a Prostatite (inflamação na próstata que causa dor, desconforto e impede passagem da urina). Além disso, o exame PSA possui características de marcadores tumorais e por esse motivo é utilizado para acompanhar ou descartar a possibilidade de câncer de próstata.

Combate ao câncer de próstata não exige superpoderes, apenas conscientização

X men Créditos Twentieth Century Fox 1 1024x577 - Conheça os sintomas e o tratamento para o câncer de próstata na Coluna Saúde em foco
Combate ao câncer de próstata não exige superpoderes, mas sim conscientização. (Foto: Twentieth Century Fox)

O PSA é um dos primeiros exames solicitados quando o paciente apresenta sintomas do câncer ou ainda quando o médico deseja checar a existência da doença, mesmo sem a presença de sintomas (como forma preventiva). Assim, é fundamental que o paciente procure o urologista e realize exames periodicamente.

O exame é realizado através de uma amostra de sangue e as medições são feitas de acordo com a solicitação médica, que podem ser:

  • PSA Total, correspondente à quantidade de PSA presente no sangue.
  • PSA Livre, no qual é medida a quantidade de PSA que circula “livre” no sangue.

Exame PSA substitui o exame de toque?

Um exame não anula o outro. O acompanhamento médico de rotina, juntamente com o exame de toque e a dosagem de PSA auxiliam no diagnóstico, monitoramento e controle da evolução de tumores de próstata. O exame de toque avalia tamanho, forma e textura da próstata, já dosagem de PSA avalia alterações da próstata no sangue.

Os níveis de PSA tendem a aumentar com a idade, então um PSA alto não necessariamente significa um tumor. O aumento pode ser devido à hiperplasia prostática benigna (crescimento da próstata), inflamação na próstata ou outras condições como, por exemplo, andar de bicicleta.

Para quem o exame PSA é indicado?

O exame é indicado para homens com mais de 45 anos e que possuam histórico familiar de doença de próstata ou homens com idade igual ou superior a 50 anos. Para os homens acima dos 70 anos, entretanto, o exame de PSA não é indicado, pois os riscos envolvidos no rastreamento superam os benefícios.

Importante: a decisão de fazer o exame de PSA deve sempre ser compartilhada com seu médico, considerando riscos e benefícios do rastreamento de câncer.

LEIA TAMBÉM:

LabCK promove valores especiais durante novembro azul

Novembro Azul Divulgação - Conheça os sintomas e o tratamento para o câncer de próstata na Coluna Saúde em foco
O LabCK preparou valores promocionais para o novembro azul. (Foto: Divulgação)

Nesse Novembro Azul, o LabCK está praticando valores promocionais nos exames relacionados à saúde masculina. Os descontos valem para o exame de PSA e também para os relacionados ao diagnóstico do Câncer de Cólon e Reto (CEA e CA 19-9).

Novembro Azul 2020
Exame PSA Total – R$ 40,42
CA 19-9 – R$ 53,90
CEA- R$ 53,90

Para esclarecer dúvidas, consulte nossa Assessoria Médica e Científica: (41) 9877-8334
Mais informações: labck.com.br | facebook.com/labkosop | instagram.com/labkosop | youtube.com/labkosop

Siga-nos no Instagram para ficar sempre por dentro das notícias:

Caroline Scoz Alves

carolina 150x150 - Conheça os sintomas e o tratamento para o câncer de próstata na Coluna Saúde em foco
Diretora Técnica da SulLaser Locações de Equipamentos Médicos e Estéticos a Laser, e Membro da Academia Americana de Laser. É proprietária do Centro de Especializado em Laser mais equipando do Paraná, A Clínica Senz. Além de ministrar treinamentos de capacitação, ela se dedica a palestras e demais atividades voltadas a área da Estética a Laser no Brasil e no exterior. Com mais de 14 anos de experiência na área, a Dra. Caroline é formada em Fisioterapia em 2004 pela UP, possui Mestrado de Tecnologia da Saúde pela PUC/PR, Curso de formação em Dermato-Funcional pela Belle Bonelli (Ludmila Bonelli em Belo Horizonte), Curso de Cosmeatria e Laser em London South Bank University; Membro da Sociedade Americana de Laser, Fellow na Universidade da Califórnia em Laserterapias, Curso de Laser terapia, Laser & Aesthetic Skin Therapy: What’s the Truth? (November 03-04, 2017) pela Harvard Medical School nos EUA, Feellow – Dr. Klaus Hoffmann em St. Josef-Hospital de Bochum na Alemanha (Março de 2018), Curso de Formação “Cynosure Laser Technology Course” em Hannover, (March, 03, 2018) pela Cynosure na Alemanha, Curso de Formação Asclepion na Heinrich-Heine-Universität Düsseldorf (Outubro de 2018).

Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X