DESKTOP

Curitiba ativa leitos e usa IA para monitorar descumprimento de regras; bandeira amarela permanece

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Da Redação

Apesar do aumento de casos de Covid-19 em Curitiba, a Secretaria Municipal da Saúde decidiu nesta sexta-feira (20) manter a bandeira amarela. A secretaria avaliou os indicadores que medem a evolução da pandemia na cidade. O cálculo da bandeira ficou em 1,85, mantendo-a em situação de alerta, ou seja, na bandeira amarela. O Decreto 1570/2020 entra em vigor neste sábado (21) e vale por sete dias.

Entre os nove itens usados para o cálculo que define sob qual bandeira a cidade vai funcionar, os de capacidade de atendimento aos doentes (leitos de UTI e de enfermaria) têm o maior peso. Nesta sexta-feira foram ativados 94 leitos para atender os pacientes de Covid-19. São 41 leitos de UTI SUS – seis no Hospital Vitória, dez no Hospital do Idoso, dez no Hospital Evangélico Mackenzie, dez no Hospital de Clínicas e cinco na Santa Casa. Os novos leitos de enfermaria estão distribuídos da seguinte maneira: cinco na Santa Casa, dez no Hospital de Clínicas e 38 no Hospital do Idoso.

O prefeito Rafael Greca fez um apelo à rede hospitalar privada e ao SUS da região metropolitana para que também trabalhem nessa ampliação de leitos, suspendendo as cirurgias eletivas, como fez Curitiba no início da semana. A capital se antecipou às dificuldades que poderiam surgir com o aumento dos casos de Covid-19, que começou a ser registrado.

Atendimento garantido

A ativação imediata de 38 leitos de enfermaria exclusivos para Covid-19 no Hospital do Idoso foi possível graças a uma medida rápida que vai garantir o atendimento adequado à população. Desde a tarde desta sexta-feira a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Fazendinha passa a ser retaguarda de leitos clínicos para o Hospital do Idoso.

Moradores da região com urgências e emergências de saúde devem buscar atendimento nas UPAs CIC, Pinheirinho e Campo Comprido. Os atendimentos de urgências e emergências odontológicas podem ser feitos na UPA Sítio Cercado das 19h às 23h de segunda a sexta-feira e nos finais de semana das 9 às 18h; e na UPA Boa Vista todos os dias, das 19h às 7h, inclusive aos fins de semana.

Monitoramento em tempo real

00305315 1 - Curitiba ativa leitos e usa IA para monitorar descumprimento de regras; bandeira amarela permanece
O Aplicativo Distância 2 monitora o distanciamento social em terminais e estações-tubo. (Foto: Hully Paiva/SMCS)

A prefeitura de Curitiba recorreu à Inteligência Artificial para monitorar o distanciamento social em tempo real em terminais de ônibus e estações-tubo da cidade. Trata-se de mais uma medida adotada para o combate à Covid-19. O aplicativo Distância2 foi desenvolvido pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e disponibilizado sem custo ao município. A tecnologia está hospedada em um servidor no Centro de Controle Operacional (CCO) da Urbs, no Jardim Botânico. O Distância2 coleta dados de dez câmeras localizadas em terminais e estações-tubo com grande demanda. Estão sendo monitoradas as estações Central (sentido Santa Cândida); Eufrásio Correia (sentido Leste); Praça Carlos Gomes (sentido Boqueirão) e Praça Rui Barbosa (sentido Pinheirinho).

O aplicativo também está ativado nos terminais Boqueirão (sentido Centro); Capão Raso (sentido Centro); Pinheirinho (sentido Carlos Gomes); Pinheirinho (sentido Rui Barbosa); Portão (sentido bairro) e Santa Cândida (sentido Centro). A ferramenta utiliza imagens de câmeras de monitoramento e usa um algoritmo que identifica o distanciamento mínimo entre as pessoas e gera alertas caso o distanciamento de 2 metros seja descumprido. Nenhuma informação privada de indivíduos é utilizada, uma vez que nenhum traço particular ou característica única da pessoa é analisado. As pessoas são detectadas anonimamente e a distância entre elas é estimada.

Alerta

00305314 1 - Curitiba ativa leitos e usa IA para monitorar descumprimento de regras; bandeira amarela permanece
O sistema possui um painel de controle para fornecer dados úteis para a tomada de decisões. (Foto: Hully Paiva/SMCS)

O sistema possui um painel de controle para fornecer dados úteis para a tomada de decisões. Em caso de aglomerações é possível emitir alertas para que as pessoas possam guardar distância segura entre si. O alerta para as pessoas chega através de mensagens enviadas aos painéis de mensagens variáveis (PMV) instalados nos terminais e também com orientações realizadas pelos fiscais escalados nestes locais. O alerta é instantâneo, assim que identificada aglomeração, o operador do CCO da Urbs envia a mensagem para os painéis e aciona o fiscal mais próximo para distribuir orientações. As câmeras monitoram 24 horas e a fiscalização tem turno de trabalho entre 6h e 24h.

O Distância2 já está em operação em cidades como Buenos Aires, Bogotá, Medellin, e Quito, no Equador, além de mais nove cidades em território equatoriano.

Prefeitura intensifica ações de fiscalização e orientação

Equipes da Secretaria Municipal do Urbanismo, Defesa Social e Trânsito e da Vigilância Sanitária também vão intensificar as fiscalizações e orientações como frente de ação para a prevenção e o controle no aumento de casos de Covid-19 em Curitiba. A ação decorre do maior relaxamento nas regras de distanciamento social e uso obrigatório de máscara de proteção em estabelecimentos comerciais e reuniões. As medidas são necessárias para se evitar uma maior propagação do novo coronavírus.

LEIA TAMBÉM:

Inibir aglomerações e grande número de pessoas reunidas em bares, restaurantes e em festas clandestinas anunciadas em redes sociais é um dos intuitos das Ações Integradas de Fiscalização Urbana (Aifu), desenvolvidas em conjunto com a Polícia Militar, e programadas para este fim de semana. Para evitar abusos, fiscais do Urbanismo, guardas municipais, agentes de trânsito, policiais militares e representantes de outros órgãos envolvidos vêm desenvolvendo, em todos os fins de semana, novas edições da Aifu. Na noite desta quinta-feira (19), as equipes vistoriaram 11 estabelecimentos em diferentes bairros da cidade. Um bar foi interditado no bairro Alto da XV por descumprir o decreto municipal. Também foram feitas três notificações – dois bares e uma pizzaria, por não atenderem à resolução municipal nº 1/2020.

Informações pela Central 156

Qualquer pessoa pode comunicar sobre irregularidades de espaços que não estejam seguindo as medidas obrigatórias de proteção pela Central de Atendimento ao Cidadão 156.

Siga-nos no Instagram para ficar sempre por dentro das notícias:

Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X