DESKTOP

Prefeitura coloca 1,2 mil guardas municipais para atuar na Operação Natal

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Tempo de leitura: 2 minutos

Da Redação

Operação Natal mobiliza guardas municipais. (Foto: Divulgação/Hully Paiva-SMCS)

Cerca de 1,2 mil guardas municipais estão designados para atuar durante as compras e a programação natalina de Curitiba. A Operação Natal, já em curso, toda adaptada aos protocolos sanitários, se estende até o dia 6 de janeiro. A tradicional operação deflagrada pelos guardas recebe, neste ano, uma prioridade: a de contribuir nas orientações de medidas sanitárias para prevenir a disseminação da Covid-19. Para isso, todo o efetivo da Guarda Municipal está designado para fazer as orientações necessárias, simultaneamente ao trabalho de patrulhamento preventivo para inibir a ocorrência de crimes.

“O atendimento dos guardas na Operação Natal está voltado a garantir a manutenção da ordem e segurança da população e dos participantes das atrações natalinas, bem como na guarda e segurança dos equipamentos instalados, da montagem até a sua retirada”, diz o superintendente da GM, Carlos Celso dos Santos Junior. As apresentações de Natal também contam com efetivo da Superintendência de Trânsito (Setran). Além dos eixos comerciais dos bairros, a Operação Natal está presente no Jardim Botânico, Passeio Público, parques Náutico, Tanguá e Barigui e nas feiras de Natal das praças Osório e Santos Andrade.

LEIA TAMBÉM:

Em caso de emergência, o cidadão pode recorrer ao guarda municipal mais próximo ou ligar para o telefone de emergência da corporação, o 153. Pelo Centro de Operações da Guarda Municipal será acionada uma equipe para fazer o atendimento.

“Queremos que as famílias curitibanas possam desfrutar de um Natal fraterno e tranquilo. E, para isso, as medidas essenciais de utilização de máscaras de proteção ao sair de casa e manter distância das demais pessoas em filas e nas lojas são fundamentais”, diz o secretário municipal de Defesa Social e Trânsito, Guilherme Rangel.

Dicas de segurança da Defesa Social

Evitar manusear o celular quando estiver na rua; cuidar com bolsas e mochilas, devendo carregá-las à frente do corpo; evitar circular com grande quantidade de dinheiro; não utilizar fones de ouvido enquanto estiver andando na rua; redobrar a atenção para a presença de pessoas suspeitas na hora de digitar senha de cartões de pagamento em agências bancárias ou lojas; não deixar nos bancos do carro sacolas de compras, computador, bolsa ou pertences que possam chamar a atenção e não ostentar joias. Em caso de emergência, ligue para 153 (Guarda Municipal) ou 190 (Polícia Militar).

Siga-nos no Instagram para ficar sempre por dentro das notícias:

Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X