DESKTOP

Ação preventiva restringe circulação de veículos na Estrada da Graciosa

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Da Redação

A circulação de veículos é restringida na Estrada da Graciosa. (Foto: José Fernando Ogura/ANPr)

Entre os dias 30 de dezembro e 3 de janeiro, das 09h às 16h, a circulação de veículos na Estrada da Graciosa no sentido de Quatro Barras ao Litoral estará restrita. A ação preventiva, por causa do crescente número de veículos que passam pela região nessa época do ano, partiu das secretarias de Segurança Pública e da Saúde e abrange do Portal da Graciosa até o Trevo São João da Graciosa.

De acordo com o secretário da Segurança Romulo Marinho Soares, continua necessário o uso de máscara e deve-se evitar aglomerações na descida da serra, na beira dos rios e, principalmente, às margens dos rios São João e Nhundiaquara. “Os espaços são pequenos e muito procurados pelos turistas, o que acaba agrupando pessoas e pode contribuir para a propagação da doença”, explica.

O secretário da Saúde, Beto Preto, afirma que muitas vezes a estrada é um ponto de concentração de pessoas, pois muitas famílias e grupos de amigos param para fazer churrasco ou confraternizar. “Com essa medida temporária, evitamos a possibilidade de circulação do vírus. Precisamos da colaboração de todos, afinal estamos numa pandemia, quem descer ao Litoral, que vá por outros caminhos”, diz.

LEIA TAMBÉM:

Além disso, a decisão levou em conta uma análise da Defesa Civil sobre as condições climáticas, pois com possibilidade de chuvas intensas, enxurradas e alagamentos, o trânsito na via torna-se perigoso.

A medida não se aplica para veículos de emergência ou veículos dos moradores dos municípios de Quatro Barras, Morretes, Antonina e Guaraqueçaba. Também será permitida a passagem de veículos de entregas para moradores dos municípios da região, os quais deverão comprovar o motivo da circulação.

Siga-nos no Instagram para ficar sempre por dentro das notícias:

Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X