Abrasel diz que Greca deve pedir desculpas e pagar multa por aglomerar em Memorial Paranista

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Da Redação

blank
O evento de inauguração do Memorial Paranista reuniu dezenas de pessoas e foi amplamente divulgado pela própria prefeitura. (Foto: Divulgação/Abrabar-PR)

O presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel-PR) Nelson Gourlart Junior, deu entrevista ao portal nesta terça-feira (18) e falou sobre o pedido de providências protocolocado no Ministério Público do Paraná, exigindo que a prefeitura de Curitiba explique a aglomeração de pessoas durante a inauguração do Memorial Paranista, no Parque São Lourenço, na última sexta-feira (14).

Para Nelson, o prefeito Rafael Greca deve uma retratação pública por ter descumprido o próprio decreto que mandou publicar e assim como os demais cidadãos, também deveria ser multado. “A administração municipal contrariou as próprias regras restritivas que proíbem eventos e aglomerações para conter o avanço do coronavírus, principalmente no momento em que a cidade está, sob bandeira laranja com risco médio de contágio e prestes a divulgar novas medidas”, diz ele.

blank
O prefeito Rafael Greca e a primeira-dama Margarita Sansone participaram da inauguração. (Foto: Divulgação/Abrabar-PR)

As imagens gravadas durante o evento e que a Abrasel-PR encaminhou ao Ministério Público do Paraná, mostram que não havia distanciamento entre os participantes. “Eu acredito que não tenha uma saída aqui que não seja um pedido de descupas do prefeito, e com consequente pagamento da multa por ter desobedecido as regras restritivas propostas pela própria administração”, reforça Gourlart Júnior.

LEIA TAMBÉM:

A entidade espera uma resposta rápida do Ministério Público do Paraná, baseando-se na gravidade dos fatos. “A expectativa é de que o legislativo seja responsabilizado, a exemplo dos empresários do setor. Nós nunca tivemos um lockdown de verdade em Curitiba porque só os bares e restaurantes ficam fechados. Não se nota na cidade uma redução significativa da circulação de pessoas porque o comércio segue aberto, os ônibus continuam rodando e vários outros segmentos podem funcionar”, aponta Nelson.

O presidente da Abrasel-PR lembra que houve reajuste do IPTU e que vários salões onde eventos eram realizados, estão inadimplentes por falta de renda. “Qualquer empresário que tivesse realizado um evento semelhante ao que foi feito com dinheiro público, com certeza sofreria o peso da fiscalização e da multa”, conclui.

Ainda segundo o presidente da entidade, o evento poderia ter sido realizado nos moldes sugeridos pelo poder público ao setor privado, com transmissão ao vivo pelas redes sociais. Veja algumas do evento, no video feito por pessoas que estavam no local:

A Abrabar-PR divulgou videos e fotos da aglomeração. (Video: Divulgação/Abrabar-PR)

Siga-nos no Instagram para ficar sempre por dentro das notícias:


Veja Também

1 comentário em “Abrasel diz que Greca deve pedir desculpas e pagar multa por aglomerar em Memorial Paranista”

  1. Pingback: Donos de bares, restaurantes e estabelecimentos turísticos pedem providências ao Ministério Público do Paraná – Sindehotéis

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X