Ademicon lança consórcio digital voltado a times de futebol; Coritiba é o primeiro a oferecer o produto

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Da Redação

blank
O Consórcio Coxa estará disponível a partir do jogo contra o Flamengo, nesta quinta-feira (10). (Foto: Divulgação)

A Ademicon, administradora independente de consórcio nos segmentos de imóveis e veículos pesados, acaba de lançar um novo produto com potencial para ser uma importante fonte de receita extra para os clubes de futebol de todo o país. Trata-se do primeiro consórcio com conceito white label 100% digital, que permite aos times licenciarem suas próprias marcas em vários itens, mobilizar as bases de sócios, torcedores e simpatizantes e repor as perdas causadas pela pandemia que atingiu o setor.

O Coritiba Foot Ball Club é o primeiro a oficializar a parceria, que vale a partir do jogo contra o Flamengo nesta quinta-feira (10). O Consórcio Coxa foi apresentado pela diretoria no site do clube como um benefício especial para os coxas-brancas. Ao aderir, o torcedor do Coritiba estará automaticamente contribuindo com o clube.

De acordo com o diretor comercial da Ademicon, Adriano Bruni, o Consórcio Coxa deve vender de mil a duas mil cotas/ano, com um ticket médio de R$ 50 mil – um potencial de R$ 50 milhões a R$ 100 milhões em volume de créditos comercializados por ano. A aposta tem um contexto. “O mercado de consórcio está aquecido. De janeiro a maio deste ano, alcançamos a marca de R$ 250 milhões em créditos vendidos no segmento de veículos”, explicou.

Inicialmente, o Consórcio Coxa vai oferecer somente consórcios de veículos, com grupos já consolidados e cotas com parcelas mensais a partir de R$ 273,70. Qualquer sócio, torcedor ou simpatizante do clube pode contratar um plano de consórcio acessando o site www.consorciocoxa.com.br. O atendimento será ominichannel (telefone, chatbot, WhatsApp e e-mail), para esclarecimentos antes de finalizar a contratação no carrinho de compras. “O modelo 100% digital possibilita remunerar o clube com uma participação na taxa de administração das cotas vendidas”, explica Blasi.

LEIA TAMBÉM:

Renato Follador, presidente do Coritiba Foot Ball Club, afirma que o momento em que o mundo passa propicia o investimento em consórcio, como uma forma de poupança cooperativada. “Junto com a Ademicon, conseguimos viabilizar esse projeto no qual os torcedores têm vantagens e a segurança em um produto confiável e ainda contribuem com o clube”, destaca.

As expectativas do Coritiba e da Ademicon são otimistas em relação ao novo produto. “Esperamos um retorno financeiro importante nesse momento da pandemia, em que o clube teve perdas de receitas por conta de diferentes fatores, como a proibição do público no estádio. Além disso, o objetivo é ser um parceiro de negócios adequado à Ademicon para que cada vez mais o Consórcio Coxa cresça com novos produtos e em novos segmentos, rendendo bons frutos aos dois lados”, comentou o presidente do Coxa.

Segundo levantamento da Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios (ABAC), no primeiro trimestre de 2021, o volume de créditos comercializados veículos no segmento veículos automotores cresceu 28,2% em comparação ao mesmo período do ano passado.

Os produtos white label, como o Consórcio Coxa, representam hoje 30% das vendas da Ademicon, que administra consórcios de grandes marcas, como New Holland, Iveco e Librelato. O modelo de consórcio 100% digital poderá ser usado por outros clubes de futebol e marcas que tenham uma base de clientes fiel e apaixonada.

Lançamento oficial

Os sócios poderão ter acesso ao benefício a partir desta quinta-feira (10) após a primeira partida entre o Coritiba e Flamengo pela terceira fase da Copa Brasil, às 19h00, que será realizada no Estádio Couto Pereira, em Curitiba.

O Coritiba tem um bom histórico de vitórias contra o Flamengo jogando no Couto Pereira e o time paranaense chegou a ficar 15 anos sem perder em casa entre 98 e 2013. E para sorte do clube paranaense, o Flamengo não poderá contar com o jogador Gabigol para o duelo. Nesta quarta-feira (09) a CBF confirmou que o atacante foi submetido a exames após se queixar de dores musculares na perda direita e foi diagnosticado com um edema na região.

Siga-nos no Instagram para ficar sempre por dentro das notícias:


Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X