Armazém do Espetinho, no Xaxim, é eleito o melhor buteco de Curitiba

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Da Redação

Filipe Pereira, organizador do Comida di Buteco, o casal vencedor Gil e Eliane Martins e André Bezerra, organizador regional. (Foto do petisco: André Reinaldim. (Foto: Marta Cavalcanti)

O bar Armazém do Espetinho, no Xaxim, foi eleito o melhor buteco de Curitiba na sexta edição do concurso Comida di Buteco, que neste ano foi marcada pelo movimento “Salve os Butecos”. A ideia foi apoiar os bares, um dos segmentos mais afetados pela pandemia. Comandado pelo casal Gil e Eliane Martins, o bar venceu com o tira-gosto “De lamber os dedos” (tulipas de frango assadas na brasa, refogadas na mostarda e mel com gengibre, salpicadas com coentro, acompanhadas de chips de batatas). Agora eles disputarão o título de melhor buteco do Brasil na eleição nacional. O Schnaps Bar (bicampeão 2018-2019) ficou com o segundo lugar e o Casa Velha (campeão em 2015) em terceiro.

 O prato De Lamber os Dedos, com tulipas de frango assadas na brasa, refogadas na mostarda e mel com gengibre, salpicadas com coentro. (Foto: Marta Cavalcanti)

A eleição foi realizada de 30 de julho a 22 de agosto. Durante esses 24 dias os clientes puderam participar de três formas: pedindo o prato por delivery, levando o petisco para casa (take Away) ou degustando-o no próprio local. Apenas quem degustou o petisco no local pôde votar. Isso porque, além do sabor do prato, eram avaliados também o atendimento, a higiene e a temperatura da bebida para acompanhar. O peso dos votos da população foi de 50% enquanto os outros 50% couberam a um corpo de jurados.

“Muito emocionante ganhar essa competição, ainda mais em meio à pandemia, que foi muito difícil para todos nós. É gratificante saber que podemos fazer a diferença através da cozinha”, diz Eliane Martins, a responsável pela criação do petisco campeão.

O petisco do Schnaps Bar, vice-campeão, foi o “Quarteto arregado, Piáaa” (crispy de batata doce com iscas de mignon ao molho de queijo, trouxinhas de bolinho de carne com queijo e ovo de codorna, trouxinhas de posta ao molho e pasteizinhos de banana com doce de leite e cream cheese), acompanhado de molhos especiais. O croquete de carne de panela, do bar Casa Velha, ficou em terceiro lugar.

“Foi o primeiro ano nesse formato, com foco no delivery. Mais uma vez Curitiba abraçou o Comida di Buteco e estamos muito gratos e já pensando em fazer bonito em 2022”, comenta o organizador do concurso, Filipe Pereira.

Os seguintes bares participaram da eleição em Curitiba: Alchemia Bar, Anita Restaurante e Petiscaria, Armazém do Alemão, Armazém do Espetinho, Baba Salim, Bar do Edmundo, Bar do Tatu, Bar do Giraldi, Boteco de Sampa, Casa Velha, Dom Rodrigo, Gordo e Magro, Jambu Bar Jardim, O Portão, Paraguassu, Petiscaria Germânia, Pick Nick Bar, Puinas Bar, Schnaps Bar, Seu Prudente e Zezito’s.

LEIA TAMBÉM:

Etapa Nacional 

Com o fim da etapa regional, o Comida di Buteco passa para uma segunda fase: eleger o melhor buteco do Brasil. Após a finalização das premiações em todas as cidades participantes, um comitê de jurados vai viajar pelo país para conhecer todos os vencedores regionais. Cada bar vai receber três jurados: um da sua cidade e dois de outros lugares do Brasil. Atualmente são 21 circuitos em mais de 40 cidades de diversos estados.

Siga-nos no Instagram para ficar sempre por dentro das notícias:

Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X