Aumentam prisões de motoristas por embriaguez ao volante em Curitiba

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Da Redação

embriaguez em curitiba
O número de prisões por embriaguez ao volante aumentou 3,4% em Curitiba no primeiro trimestre deste ano, em relação ao mesmo período de 2020. (Foto: Divulgação/AEN)

O número de prisões por embriaguez ao volante aumentou 3,4% em Curitiba no primeiro trimestre deste ano, em relação ao mesmo período de 2020. De 117 passou para 121 prisões, segundo balanço do Batalhão de Polícia de Trânsito, da Polícia Militar, divulgado nesta sexta-feira (14).

Os dados mostram que no primeiro trimestre as equipes policiais atenderam 95 acidentes envolvendo condutores alcoolizados, com 33 pessoas feridas e uma morte. Ao longo de 2020 foram registrados na capital 496 acidentes, com 603 prisões por embriaguez ao volante e 1.150 notificações. Houve 169 feridos e quatro mortes no local.

LEIA TAMBÉM:

A divulgação do balanço ocorre em meio a campanha Maio Amarelo, sobre segurança no trânsito. Os dados divulgados têm como objetivo reforçar a conscientização de motoristas em relação à responsabilidade no volante.

A fiscalização com equipes nas ruas em blitzes e abordagens resultou, no primeiro trimestre, em 283 notificações a motoristas flagrados sob influência de álcool e que se recusaram a fazer o teste com etilômetro (bafômetro).

Além disso, 121 condutores acabaram presos por estar com mais de 0,3 miligramas de álcool por litro de ar na corrente sanguínea. Também houve elevação no número de notificações, que foi de 7,6%, passando de 263 para 283.

Exames diminuem

Durante as abordagens policiais foram realizados 2.692 exames etilométricos, dos quais 1.840 ocorreram durante blitzes e 852 em atendimentos a acidentes de trânsito, o que representa uma queda de 43,7% se comparado a 2020, com 4.788 testes.

Siga-nos no Instagram para ficar sempre por dentro das notícias

Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X