DESKTOP

Avenida Presidente Kennedy terá velocidade máxima permitida de 50 km/h

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Da Redação

blank

Na próxima segunda-feira (01), o Setran começa os trabalhos de mudança na sinalização que vai indicar a nova velocidade máxima permitida ao longo da Avenida Presidente Kennedy – ligação entre os bairros Portão e Prado Velho. Atualmente com limite de 60 km/h, a via passará a ter a velocidade máxima estipulada em 50 km/h. Em 2019, essa avenida foi local de 221 acidentes, conforme relatório do Batalhão de Polícia de Trânsito.

Estudos diversos do setor comprovam que a velocidade média e a fluidez no trânsito melhoram com vias urbanas em velocidades regulamentadas em 40 km/h e em 50 km/h. “A redução no limite de velocidade em vias urbanas é uma tendência mundial aplicada para reduzir o número de acidentes e atenuar os impactos provocados por eles”, destaca a superintendente de Trânsito, Rosangela Battistella.

LEIA TAMBÉM:

A intervenção na Avenida Presidente Kennedy não é isolada e segue um projeto amplo estruturado para o trânsito da cidade, que já incluiu a redução na velocidade máxima em outras importantes vias, como as avenidas Visconde de Guarapuava e Silva Jardim, e também nos recentes binários implantados. 

Iniciado na Suécia e incorporado por diversas cidades ao redor do mundo, o Visão Zero no Trânsito propõe intensificar intervenções na infraestrutura viária, ações de educação e de fiscalização de trânsito, de forma a minimizar consequências do erro humano.

Trabalho continua durante a semana

A substituição das placas e da sinalização horizontal (pintura no pavimento) – que indicam ao motorista a velocidade permitida – é um trabalho que começa na segunda-feira na Presidente Kennedy e continua ao longo de toda a semana, com possibilidade de prorrogação neste prazo estimado, dependendo das condições climáticas.

“Por 15 dias, os radares instalados na via ficarão desligados da função velocidade. Os equipamentos continuam fiscalizando conversão proibida, parada em cima da faixa de pedestre e avanço do sinal vermelho, devendo ser religados para a função velocidade na sequência”, informa a superintendente de Trânsito.

Trechos próximos a escolas continuam com velocidade máxima permitida de 30 km/h e, em algumas quadras, onde há maior concentração de pedestres, o limite de velocidade permanece em 40 km/h, atendendo à regulamentação do Código de Trânsito Brasileiro.

Siga-nos no Instagram para ficar sempre por dentro das notícias:

blank

Veja Também

blank

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

blank
X