Ballet Coppélia do Brasil promove seletiva para bolsas integrais de estudos; inscrições estão abertas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Monique Benoski

Alunas do Centro de Educação Profissional Ballet Coppélia do Brasil, no Parque Tanguá, em Curitiba. (Foto: Divulgação)

O Centro de Educação Profissional Ballet Coppélia do Brasil está promovendo uma audição para disponibilizar vagas de bolsa integral de estudos para 2022. A seletiva vai acontecer de forma presencial no próximo dia 06 de novembro (sábado), na sede da escola, na Rua Carmen Maito Stinglin, 75, no bairro Portão. Os horários das avaliações serão organizados por idade e nível e serão divulgados no Instagram da escola a partir da segunda quinzena de outubro.

Podem fazer a seletiva candidatos de 7 a 10 anos, com ou sem conhecimento em dança, e de 11 a 15 anos, com alguma experiência anterior em dança. Serão 10 vagas para bolsa integral de estudos, exclusivas para alunos da rede pública (estadual e municipal) ou bolsistas de escolas particulares, e outras vagas com descontos entre 25 e 50% nas mensalidades para candidatos estudantes da rede privada.

Para garantir sua participação basta fazer a pré-inscrição NESTE LINK.

Bailarinas no parque

Recentemente, o Ballet Coppélia do Brasil, escola com 47 anos de tradição, realizou um projeto chamado Bailarinas no Parque, apresentado no Parque Tanguá, no qual as bailarinas dançaram como uma forma de agradecimento pela vida. No começo da pandemia, em 2020, quando tudo era ainda mais incerto, a diretora da escola, Bellysa Miranda, foi uma das primeiras curitibanas a ser contaminada pela Covid-19 e ficou entre a vida e a morte, foram dias de medo e desespero, ainda mais porque não existia previsão de tratamento ou vacina.

Um ano depois, Bellysa coreografou o projeto bailarinas no parque para que as bailarinas do Coppélia pudessem vivenciar novamente uma apresentação, porém, nos novos moldes, com segurança e com esse intuito tão significativo para a escola. “Bailarinas no Parque foi um projeto diferente de tudo já feito anteriormente, com finalidade de conexão entre as família e a escola num momento tão delicado que ainda vivemos. Foi uma apresentação sem plateia, com as bailarinas de máscaras, num dia de sol, num parque em meio à natureza. Um momento emocionante que nos trouxe muita reflexão numa coreografia realizada em homenagem à vida, aos céus e por estarmos com saúde e todos juntos lutando por dias melhores”, finaliza a diretora.

Confira o resultado do projeto:

Coreografia realizada pelas alunas de ballet clássico do Ballet Coppélia no Parque Tanguá. (Vídeo: Ballet Coppélia do Brasil)

Coreografia realizada pelas alunas de jazz do Ballet Coppélia no Parque Tanguá. (Vídeo: Ballet Coppélia do Brasil)

LEIA TAMBÉM:

Serviço:
Seletiva para bolsas de estudos
Data: 06 de novembro (sábado) | Horários serão informados pelas redes sociais da escola
Local: Rua Carmen Maito Stinglin, 75, Portão
Informações: Instagram do Ballet Coppélia do Brasil | WhatsApp (41) 99255-1982

Siga-nos no Instagram para ficar sempre por dentro das notícias:

Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X