Bombeiros e Samu atendem 27 ocorrências no primeiro final de semana sem pedágio nas estradas do Paraná

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Da Redação

Número de ocorrências nas estradas ficou dentro da média para este período do ano, de acordo com o Corpo de Bombeiros. Foto: Ari Dias/AEN

No final de semana que marcou o encerramento dos contratos de pedágio do Anel de Integração, o Corpo de Bombeiros e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) atenderam 27 ocorrências nas rodovias paranaenses, entre a meia-noite de sábado (27) e as 8h desta segunda-feira (29).

Segundo o balanço do Corpo de Bombeiros, 36 pessoas ficaram feridas e três morreram nos acidentes. As equipes da Rede de Urgência fizeram o atendimento pré-hospitalar em todas as pessoas que se feriram nos acidentes, com encaminhamento ao pronto-socorro conforme a necessidade. O acidente mais grave aconteceu na tarde de domingo, no quilômetro 75 da PR-317, em Campo Mourão no Centro-Oeste. Uma colisão entre três veículos com oito vítimas.

O comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Manoel Vasco de Figueiredo Júnior, diz que o número de ocorrências está na média para este período do ano, mas a corporação está monitorando as situações para, caso seja necessário, amplie o efetivo para reforçar o atendimento às rodovias. 

“Por enquanto, está tudo dentro da normalidade, mas estamos monitorando a situação para aumentar o efetivo caso seja necessário”, afirma. “Ainda estamos na expectativa com relação à Operação Verão Paraná, que abrange tanto o Interior quanto o Litoral, para entender como será o comportamento dos usuários com o fim da cobrança de pedágio”, diz.

Rede de Atenção de Urgência

Para dar prioridade e agilidade ao atendimento das rodovias até que os novos contratos de concessão sejam assinados, o governo do Estado ampliou a Rede de Atenção de Urgência, que agora abrange quase 100% do território paranaense e toda a malha do Anel de Integração. Para isso, houve o reforço de 54 ambulâncias, 38 do Samu e 16 do Integrado de Atendimento ao Trauma de Emergência (Siate), que é operado pelo Corpo de Bombeiros.

LEIA TAMBÉM:

O efetivo dos bombeiros também foi ampliado, com a participação de profissionais que atuam no regime de diária extra jornada voluntária. Somente neste fim de semana, foram destacados 235 profissionais a mais para a força-tarefa nas rodovias.

Siga-nos no Instagram para ficar sempre por dentro das notícias:

[instagram-feed}

Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X