Comitê da Sec. Municipal da Saúde decide nesta terça se Curitiba volta para a bandeira vermelha; Greca é contra

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Da Redação

Decisão sobre nova bandeira em Curitiba depende dos números analisados pelo Comitê de Técnica e Ética Médica da prefeitura. (Foto: Luiz Costa/SMCS)

A prefeitura de Curitiba deve anunciar nesta terça-feira (18) se a cidade permanecerá na bandeira laranja ou volta para a vermelha, conforme aventado na semana passada pela secretária municipal da Saúde, Marcia Huçulak, diante do crescimento de casos de Covid-19 na capital. O atual decreto vence na quarta-feira (19). O Comitê de Técnica e Ética Médica da Secretaria Municipal da Saúde se reunirá hoje para decidir se renovará ou não o decreto.

O portal apurou que o prefeito Rafael Greca é contra a adoção da bandeira vermelha, posição defendida publicamente por Marcia se os indicadores de novos contágios não baixarem. Nesta segunda-feira (17), Curitiba registrou 756 novos casos de Covid-19 e 22 mortes, das quais 18 nas últimas 48 horas. As vítimas, nove homens e 13 mulheres, tinham entre 35 e 72 anos, 11 delas menos de 60 anos.

LEIA TAMBÉM:

No momento, há 8.593 casos ativos na cidade, correspondentes ao número de pessoas com potencial de transmissão do vírus. Também nesta segunda, a taxa de ocupação dos 525 leitos de UTI SUS exclusivos para Covid-19 está em 95%, com 26 leitos livres.

Siga-nos no Instagram para ficar sempre por dentro das notícias:

Veja Também

2 comentários em “Comitê da Sec. Municipal da Saúde decide nesta terça se Curitiba volta para a bandeira vermelha; Greca é contra”

  1. O povo precisa ter mais respeito pelos decretos. Usando máscaras e principalmente o distanciamento. Uso do álcool gel e 70% líquido. Sem aglomerações.

  2. As pessoas tem que entender não é porque tomaram a vacina vai se aglomerar em bares, restaurantes ou festas familiares. Temos que ter estar ciente sobre este perigo pois somente a 1 tose nao estamos totalmente imunes ao virus, pois todo cuidado é pouco.
    Se nao se cuidarmos vamos voltar a bandeira vermelha e vai ser bem pior.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X