Competição de startups vai pagar R$ 30 mil em prêmios

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Da Redação

Neste ano startups de todo Brasil poderão concorrer à premião de R$ 30 mil. (Foto: Divulgação)

Lançado em 2020 para dar visibilidade e atrair investidores para produtos e serviços inovadores de Curitiba durante a pandemia, o Pitch Live Vale do Pinhão é uma competição de startups com várias etapas. A terceira edição do evento ocorre em outubro e já está com instrições abertas até o dia 24 de setembro (link). O vencedor receberá um prêmio de R$ 30 mil e neste ano poderão participar startups de todo o Brasil. 

O 3º  Pitch Live é uma parceria da Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação e Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental (ABES). O vencedor será conhecido no dia 20 de outubro, durante o  Congresso da ABES 2021, em Curitiba.

A competição é dividida em quatro etapas e em duas delas estão previstos pitchs (apresentações rápidas) on-line e presencial, quando as startups vão “se vender” para jurados convidados, entre patrocinadores e nomes referências em inovação no Vale do Pinhão.

LEIA TAMBÉM:

Poderão participar startups que oferecem soluções para quatro áreas: Cidades Inteligentes (Iluminação Pública, Mobilidade e Transporte Público, Segurança e Gestão Urbana e Agricultura Urbana), Meio Ambiente (Manejo Consciente e Produção Vegetal Sustentável, Manejo Consciente e Produção Animal Sustentável, Iniciatiavas de Economia Circular e Educação Ambiental), Sustentabilidade (Construção Civel Sustentável, Geração e Uso de Novas Energias Limpas, Alimentos e Nutrição Saudáveis e Exploração Consciente e Preservação de Recursos Naturais) e Saneamento (Sistema de Abastecimento, Tratamento de Efluentes, Gestão de Consumo e Otimização de Reservatórios). 

Fases

Na primeira fase, as startups passam por uma seletiva e deverão se inscrever, até 24 de setembro, no link da competição on-line. A partir de informações detalhadas no formulário, como estágio do projeto, equipe, produto e mercado, técnicos, convidados e parceiros da Agência Curitiba farão uma curadoria para escolher as 24 empresas que irão para a próxima etapa do Pitch Live.

Na segunda fase, começam os pitches das startups selecionadas, com apresentações de até quatro minutos. Serão dois grupos (Trips), divididos em 12 competidores, que farão apresentações on-line para os jurados nos dias 6 de outubro (Trip 1) e 7 de outubro (Trip 2), às 18h30.

Com transmissão ao vivo pelo YouTube do Vale do Pinhão, os competidores serão avaliados a partir de critérios como grau de maturidade da empresa (e equipe), novidade, diferenciação e utilidade da inovação tecnológica apresentada.

De cada Trip sairão seis startups classificadas, que seguirão para a final, denominada “Lançamento”, que ocorrerá no dia 18 de outubro. 

Mentorias 

A terceira fase é uma novidade no Pitch Live, quando mentores que se inscreverem no evento irão compartilhar seus conhecimentos com as 12 equipes finalistas entre os dias 8 e 16 de outubro. Durante o período de mentorias, os profissionais especializados irão ajudar a melhorar a operacionalização das startups, além de passar suas experiências sobre inovação tecnológica e P&DI e nas áreas das soluções tecnológicas oferecidas (Cidades Inteligentes, Meio Ambiente, Sustentabilidade e Saneamento). 

A final da competição será no dia 18 de outubro, a partir das 19h, quando os 12 finalistas se enfrentarão presencialmente durante o 31º Congresso da ABES, que irá ocorrer no Expo Unimed, seguindo todas as recomendações sanitárias de combate da covid-19. A final também terá pitches de quatro minutos de cada finalista e os jurados terão mais três minutos para fazer perguntas. 

O anúncio do vencedor será feito, no dia 20 de outubro, a partir das 18h, durante o encerramento do Congresso da ABES.

Premiações 

Além da votação dos jurados, o público também poderá escolher sua startup favorita, que não precisará ser apenas entre as finalistas: todos os 24 selecionados inicialmente poderão receber o voto do público. A votação popular irá começar no dia 6 de outubro e seguirá até o horário de realização do último pitch da final. 

Como premiação, a startup vencedora irá receber R$ 30 mil. Já a empresa mais bem votada pelo público irá ganhar R$ 5 mil, mesmo valor que será entregue para o mentor da startup vencedora entre os 12 finalistas.

Siga-nos no Instagram para ficar sempre por dentro das notícias:

Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X