Construtora Plaenge anuncia chegada a São Paulo

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Da Redação

Fundado em 1970, o Grupo Plaenge atua nos segmentos deincorporação residencial, desenvolvimento urbano, construção civil, projetos e montagens industriais. (Foto: Divulgação)

A construtora paranaense Plaenge está ampliando sua atuação e anuncia a chegada a São Paulo. O primeiro empreendimento na cidade será no bairro Moema. Com essa expansão, a construtora passa a operar nas nove principais cidades do Centro Sul do país: São Paulo, Curitiba, Londrina, Maringá, Joinville, Campo Grande, Cuiabá, Campinas e Porto Alegre. A empresa também atua no Chile.

Ao mesmo tempo que investe na constante inovação do design e dos processos construtivos, o Grupo Plaenge adota um modelo de gestão conservador nas finanças, com um caixa robusto para financiar o crescimento. O investimento inicial previsto é de R$ 100 milhões.

Em 2020, a empresa contabilizou 19 lançamentos imobiliários no Brasil e no Chile, que juntos têm um VGV (Valor Geral de Vendas) de R$ 1,6 bilhão. Em 2021, a previsão é encerrar o ano com 26 novos empreendimentos nós dois países, com VGV estimado de R$ 2,2 bilhões.

Plaenge em São Paulo

O sofisticado bairro paulistano, onde está localizado o Parque do Ibirapuera, foi a região escolhida para receber o primeiro empreendimento na capital paulista. A região concentra uma rede de serviços que inclui lojas e restaurantes internacionais, escolas de alto padrão e muitas opções de lazer, como o próprio Parque do Ibirapuera, o Museu de Arte Moderna, shoppings, livrarias e cinemas.

LEIA TAMBÉM:

Fernando Fabian, diretor da empresa, diz que os paulistanos vão se surpreender com a proposta de alto padrão da Plaenge, fundada há 51 anos em Londrina.

Ao longo deste tempo, a construtora trilhou uma trajetória de expansões para outras capitais e para o exterior, que a capacitou para o início da operação em São Paulo. A primeira capital a receber uma expansão da Plaenge foi Cuiabá (MT), em 1983. Na época, o estado estava se abrindo para a agricultura e apresentava boa projeção de crescimento.

Chile

Pouco tempo depois, em 1988, foi aberta a regional de Campo Grande (MS). “Nas duas capitais, nós chegamos com a intenção de ficar e hoje somos líderes de mercado”, diz Fabian. Em 2003, foi a vez de Curitiba. Na mesma década, foram abertas filiais em Maringá e Joinville, em 2008 e 2009, respectivamente.

Também em 2009, foi criada a Plaenge Chile, onde a construtora prepara-se para o primeiro lançamento na capital, Santiago. O primeiro empreendimento da empresa no país foi na cidade de Temuco.

Dez anos depois, em 2019, a Plaenge lançou seu primeiro empreendimento em Campinas, o Vitra, que teve 60% dos apartamentos comercializados no dia do lançamento. Em 2020 a empresa se instalou em Porto Alegre.

Fundada em 1970, a Plaenge atua nos segmentos de incorporação residencial, desenvolvimento urbano, construção civil, projetos e montagens industriais. É a maior construtora do Sul do Brasil e a quarta maior do país, de acordo com o ranking Intec. A empresa já entregou mais de 400 empreendimentos que somam mais de 6 milhões de metros quadrados de área construída.

Siga-nos no Instagram para ficar sempre por dentro das notícias:

Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X