DESKTOP

Curitiba ganha a Yag Coffee, marca de café que homenageia público LGBTI+

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp


Da Redação

blank
Os pacotes de café serão vendidos pelo Facebook e Instagram da marca. (Foto: Divulgação)

Curitiba vai ganhar um novo café. Nesta sexta-feira (12) será lançada a Yag Coffee. A marca nasce para abraçar a diversidade, todos e todas que apreciam um bom café e homenageia as cafeterias que se estabeleceram na cidade como espaços de encontros LGBTI+ em Curitiba. A Yag Coffe busca, além da valorização desses públicos, o aprofundamento no sabor e na tradição de um produto que vem de uma das principais regiões produtoras de café do Brasil, o norte do Paraná.

Yag Coffee é um produto que tem como base grãos colhidos na cidade de Lupionópolis, na região metropolitana de Londrina. Com isso, também é uma marca que nasce para valorizar o café que vem dos arredores daquela que é considerada a capital do café e tem em sua tradição uma cultura ligada a essa produção.
O café é 100% do tipo arábico e o consumidor poderá saborear um produto com aroma e doçura intensos. Yag Coffee é produzido pelas variedades de café Mundo Novo, Obatá, IPR 100, Catuaí e Acaiá. Essa composição resulta em uma mistura única que acentua notas de acidez, corpo e sabor.

LEIA TAMBÉM:

A princípio, o café será vendido pelo Facebook e Instagram da marca, segundo o proprietário, Diego Xavier. “Futuramente, após a pandemia, pretendemos abrir um espaço físico”, afirma. O empreendimento é uma iniciativa de Diego junto com seu marido, Murillo Xavier.

blank
Diego e Murilo são casados e apostam na diversidade para aceitação da marca no mercado. (Foto: Divulgação)

Passado ligado ao café

O casal possui uma história ligada aos cafezais. Os trisavôs de Murillo eram proprietários de uma fazenda chamada Água Suja, no interior de São Paulo. Nesta propriedade trabalharam os avós maternos de Diego que, posteriormente, mudaram-se para o Norte do Paraná, na cidade de Centenário do Sul. A mãe de Diego trabalhou em cafezais da região junto com seus irmãos.

Após a geada de julho de 1975, que dizimou plantações de café no Paraná, somente a minha mãe permaneceu trabalhando nos cafezais do Norte do estado. Meus tios foram para São Paulo trabalhar na indústria. “Depois de alguns anos, minha mãe deixou o cafezal e trabalhou como cozinheira. Agora tanto eu quanto Murillo voltamos às origens para trabalhar com café”, comenta.

Produto revolucionário

Investir no café é reforçar o caráter revolucionário do produto, na opinião de Xavier. Ele lembra que, ainda no século XVII, quando o café ainda não era uma bebida tão popular no mundo, era considerada uma bebida revolucionária, que atingiu a tradição e preferência pelo chá. Era considerada, por alguns povos, uma ameaça à civilização. Na época, muitos países e governantes queriam proibir o consumo da bebida. Aos poucos, a fama do café venceu essas tentativas e, na França, surgiram ainda no século XVII as primeiras cafeterias, como lugares de encontros e confraternização. Ao longo dos anos, o café foi o pivô de
episódios como a Revolta do Chá, nos EUA, e pelo impulso da economia brasileira no Império e início da República, mudando hábitos, costumes e padrões de vida. “Quem aprecia o café sabe da importância de investir em um produto que faz parte de nossa cultura e tem lugar cativo em nossa rotina”, afirma.

Da mesma forma, comenta o proprietário, o público LGBTI+ é também historicamente revolucionário. “Prova disso são as manifestações e revoltas de Stonewall, em São Francisco (EUA) em 1969, quando LGBTI+ protestaram contra a violência, opressão e prisões de pessoas da comunidade”, explica.

Por que Yag?

O nome nasce de uma reescrita da palavra Gay, que, primeiramente nos países de língua inglesa e posteriormente em outros países do mundo, passou a caracterizar o público LGBTI+. Yag significa gay ao contrário. Além disso, na tradução do inglês, a palavra quer dizer “feliz”. “Nós queremos com a Yag Coffee criar uma marca que transmita alegria, um produto que traga uma experiência de confraternização, de conversa, assim como o café sempre foi no nosso país.
Além disso, é uma homenagem a todas as cafeterias gay friedly, que proporcionam em Curitiba esses ambientes de encontros e descontração para o público”.

Serviço:
Yag Coffee
Vendas: Facebook – YAGcoffe
Instagram: https://www.instagram.com/yagcoffeeoficial/
Facebook: https://www.facebook.com/Yagcoffee
WhatsApp: (41)98450 7021
Contato: (41)98769 0523

Siga-nos no Instagram para ficar sempre por dentro das notícias:


Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

blank
X