Curitiba reestrutura Unidades de Saúde e reforça atendimento de casos com sintomas respiratórios

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Da Redação

Unidades de Saúde darão apoio às UPAs no atendimento às pessoas com sintomas respiratórios (Foto: Prefeitura de Curitiba)

Entre terça-feira (04) e sexta-feira (07), 12 Unidades de Saúde de Curitiba serão convertidas em pontos de atendimento de casos suspeitos e com sintomas leves de gripe e Covid-19. Em razão da alta procura pelas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) de pessoas com sintomas respiratórios, tosse, dor de garganta, febre, congestão nasal, perda do olfato ou paladar, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de Curitiba decidiu reestruturar temporariamente esses serviços (veja lista das unidades abaixo).

As unidades farão apoio às UPAs no atendimento exclusivo a situações respiratórias ou de emergência e funcionarão durante esta primeira semana de janeiro com horário estendido, das 7h às 20h.

“As UPAs são unidades destinadas para atender situações de urgência e emergência que não podem esperar e com risco iminente de morte. Situações menos críticas devem ser atendidas em outros pontos da nossa rede, por isso, estamos ampliando as opções de acesso à população a um fluxo adequado”, destaca a secretária municipal da Saúde, Márcia Huçulak.

O usuário deve procurar a unidade mais próxima de sua casa, em seu Distrito Sanitário. Durante esse período, outros serviços das unidades de saúde – inclusive a vacinação – serão realizados nas demais unidades.

Segundo a SMS, a alta procura pelas UPAs de pessoas com sintomas respiratórios é efeito do relaxamento das medidas não farmacológicas de proteção por parte da população, como o uso de máscaras e higienização das mãos, além da ocorrência de reuniões, eventos e confraternizações sociais presenciais no período das festas de fim de ano.

A exemplo do que ocorreu no Litoral do Paraná que recebeu dois milhões de pessoas para a virada do ano. Considerando que a extensão do Litoral paranaense é de 100 quilômetros, havia cerca de 20 mil pessoas por quilômetro.

Readequação

Esta é a segunda ação que a SMS adota para adaptar o fluxo de atendimento ao aumento da demanda por situações decorrentes de sintomas respiratórios. Em 28 de dezembro, com o início do crescimento da procura, a Secretaria reforçou o teleatendimento para esses casos, pela Central 3350-9000.

Esse canal é o mais adequado para quem suspeitar ter sido contaminado por covid-19 ou gripe, pelo conforto de ser atendido por profissionais de Saúde sem sair de casa e sem o risco de contaminar ou ser contaminado pelos vírus ao buscar atendimento presencial. 

Assim, pessoa que sentir sintomas respiratórios leves deve procurar, prioritariamente, o atendimento na Central 3350-9000, onde, por telefone, poderá ter seu caso avaliado por profissionais da Saúde, com os encaminhamentos adequados.  O atendimento é feito diariamente, das 8h às 20h.

LEIA TAMBÉM:

Unidades de Saúde exclusivas atendimento sintomas respiratórios

De 4/1 a 7/1, das 7h às 20h.

Distrito Sanitário Bairro Novo – Unidade de Saúde Bairro Novo (Rua Paulo Rio Branco de Macedo, 791, Sítio Cercado)

Distrito Sanitário Boa Vista – Unidade de Saúde Santa Cândida (Avenida Paraná, 5050, Santa Cândida)

Distrito Sanitário Boqueirão – Unidade de Saúde Vila Hauer (Rua Waldemar Kost, 650, Hauer)

Distrito Sanitário Cajuru – Unidade de Saúde Trindade II (Rua Sebastião Marcos Luiz, 119, Cajuru)

Distrito Sanitário CIC – Unidade de Saúde Caiuá (Rua Arnaud Ferreira Vellozo, 200, Cidade Industrial de Curitiba)

Distrito Sanitário Matriz – Unidade de Saúde Ouvidor Pardinho (Rua 24 de Maio, 807, Praça Ouvidor Pardinho)

Distrito Sanitário Pinheirinho – Unidade de Saúde Aurora (Rua Theofhilo Mansur, 500, Novo Mundo) e Unidade de Saúde Sagrado Coração (Rua Antonio Claudino, 375,Pinheirinho)

Distrito Sanitário Portão – Unidade de Saúde Guaíra (Rua São Paulo, 1495, Vila Guaíra)

Distrito Sanitário Santa Felicidade – Unidade de Saúde São Braz (Rua Antonio Escorsin, 1960, São Braz) e Unidade de Saúde Pilarzinho (Rua Amauri Lange Silvério, 1251, Pilarzinho)

Distrito Sanitário Tatuquara – Unidade de Saúde Monteiro Lobato (Rua Olívio José Rosetti, 538, Tatuquara).

Siga-nos no Instagram para ficar sempre por dentro das notícias:

Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X