DESKTOP

Dani Barranco explora cidades próximas da fronteira alemã em sua última coluna de 2020

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Em seu último texto de 2020, a arquiteta Daniela Barranco visita algumas cidades dos países próximos da Alemanha, entre elas a francesa Strasbourg e as austríacas Innsbruck e Salzburg. Confira:

As maravilhas das cidades da fronteira alemã

Na última coluna de 2020, saímos da Alemanha e exploramos as maravilhas das cidades dos países vizinhos. Cidades perto da fronteira alemã que seguem algumas características da região. Nossos destinos são Strasbourg, na França, e Innsbruck e Salzburg, na Áustria.

Strasbourg

blank
Cidade de Strasbourg, na França. (Foto: Acervo pessoal)
blank
blank
Cidade de Strasbourg, na França. (Foto: Acervo pessoal)
blank
blank
Cidade de Strasbourg, na França. (Foto: Acervo pessoal)
blank
blank
Cidade de Strasbourg, na França. (Foto: Acervo pessoal)
blank
blank
Cidade de Strasbourg, na França. (Foto: Acervo pessoal)
blank
blank
Cidade de Strasbourg, na França. (Foto: Acervo pessoal)
blank
blank
Cidade de Strasbourg, na França. (Foto: Acervo pessoal)
blank
blank
Cidade de Strasbourg, na França. (Foto: Acervo pessoal)
blank

Estrasburgo, nordeste da França, é uma das capitais da União Europeia, juntamente com Bruxelas e Luxemburgo. A sede formal do Parlamento Europeu está localizada perto da fronteira alemã, com cultura e arquitetura que misturam influências germânicas e francesas.

A arquitetura desta cidade tem em suas paredes toda sua história – desde os impressionantes marcos medievais incrivelmente bem preservados, a grandeza de suas igrejas até a incrível engenharia de seu sistema de canais.

A Catedral de Notre-Dame é conhecida em todo o mundo como um dos exemplos mais impressionantes de arquitetura gótica, uma demonstração da incrível experiência em construção dos arquitetos e pedreiros envolvidos na construção. É quase impossível compreender como foi possível construir um edifício tão imponente com as ferramentas e a tecnologia disponíveis na época.

Caminhando pela Petite France , o bairro da classe trabalhadora na medieval Strasbourg, há muitos exemplos de casas e oficinas de artesãos e comerciantes. Talvez o mais marcante de todos seja o antigo curtume – hoje um restaurante tradicional – onde as peles eram lavadas para que pudessem absorver os taninos usados ​​no processamento do couro. O material foi deixado a secar no sótão, com as distintas aberturas na cobertura, destinadas a arejar o couro, hoje bem visíveis. A mescla de culturas é visível a cada passo desta encantadora cidade, passear a pé aqui é um presente para os olhos.

Innsbruck

blank
Áustria. (Foto: Acervo pessoal)
blank
blank
Áustria. (Foto: Acervo pessoal)
blank
blank
Áustria. (Foto: Acervo pessoal)
blank
blank
Áustria. (Foto: Acervo pessoal)
blank
blank
Áustria. (Foto: Acervo pessoal)
blank
blank
Áustria. (Foto: Acervo pessoal)
blank
blank
Áustria. (Foto: Acervo pessoal)
blank

Na capital do estado do Tirol, no oeste da Áustria, passado e futuro se unem, onde os pontos turísticos mundialmente famosos encontram-se ao lado da arquitetura pós-moderna internacional criando uma mistura fascinante.

Innsbruck é famosa por sua memorável arquitetura de estilo gótico. A fantástica arquitetura caracteriza o período medieval e inclui elementos como arcos pontiagudos, arcobotantes e abóbadas nervuradas. A maioria dos edifícios locais são antigos, alguns até datam do século XII. A maioria dos lugares mais populares da cidade estão agrupados perto da Cidade Velha, cujas charmosas ruas estreitas oferecem aos turistas uma variedade enorme de programas e atrações.

O bairro semicircular da Cidade Velha (Altstadt), cercado por um anel de ruas conhecido como Graben (Fosso), é uma área para pedestres onde você pode passear por 800 anos de história. Com suas fachadas estreitas, portas bonitas, janelas de oriel, casas medievais reforçadas e fachadas com arcadas, a Cidade Velha de Innsbruck está repleta de muitos exemplos finos da arquitetura tirolesa antiga e influências do sul, juntamente com suntuosos edifícios renascentistas, barrocos e rococós.

Os destaques de um passeio a pé incluem o belo Helblinghaus barroco, famoso por sua esplêndida fachada de estuque com querubins e outras ornamentações decorativas. Perto está o Golden Eagle (Goldener Adler) do século 16, uma antiga pousada que já foi tão popular entre os imperadores quanto foi entre escritores como Goethe.

Localizada na Domplatz, a Catedral de Innsbruck (Innsbruck Dom) – também conhecida como Catedral de St. James – recebeu o status de catedral em 1964. Notável por sua frente oeste imponente com duas torres e a alta cúpula sobre o coro, foi construída em Estilo barroco em 1724 e totalmente restaurado após a Segunda Guerra Mundial.

Salzburg

Conhecida por “The Sound of Music” e como berço de Mozart, Salzburg é uma cidade rica em tradição e rodeada pela natureza que se apresenta como um centro cultural moderno no coração da Europa.

O traçado desta cidade é incomparável: a Fortaleza Hohensalzburg, a Catedral barroca, a Igreja Franciscana e Colegiada aos pés do Mönchsberg e a poderosa e lendária Untersberg à distância. Todo o centro histórico de Salzburgo foi declarado Patrimônio Mundial pela UNESCO, o que o caracteriza como “um exemplo notável de conjunto arquitetônico”. A paisagem ao redor de Salzburgo impressiona com imagens alpinas no sul, lagos tranquilos no norte e no mundo famoso distrito do lago Salzkammergut, no leste.

Considerada a ‘Roma do Norte’, Salzburgo é uma joia barroca em meio às montanhas. Muitos dos edifícios foram construídos por ordem da Monarquia, durante os séculos XVII e XVIII – as igrejas, casas, jardins e chafarizes erguidos na cidade foram em sua maioria desenhados no estilo barroco. Muitos dos grandes arquitetos desta era foram imensamente inspirados em designs italianos, o estilo dos edifícios é igualmente grandioso e elaborado às fachadas épicas vistas em Roma.

Entre as peculiaridades típicas da cidade de Salzburgo estão às chamadas “Durchhäuser”, antigas passagens por edifícios que podem ser utilizadas como atalho. Essas passagens também são uma maneira conveniente de chegar à catedral principal da cidade, Salzburger Dom e à esplêndida Domplatz , onde as apresentações anuais de “Everyman” de Hugo von Hofmannsthal são realizadas como parte do Festival de Salzburgo, o ponto alto social da cidade calendário cultural de verão.

O lendário compositor de música clássica, Mozart, foi criado na cidade de Salzburgo. Como forma de comemorar sua presença e suas contribuições, sua casa foi preservada e aberta ao público. Os destaques incluem as salas outrora ocupadas pela família e um museu que exibe inúmeras lembranças interessantes, incluindo o violino do jovem Mozart, retratos e partituras originais de suas composições.

LEIA TAMBÉM:

O Palácio Mirabell, com seu grandioso Marble Hall – considerado um dos mais belos locais para casamentos do mundo – é um cenário deslumbrante à beira do lago. Seu maravilhoso jardim foi usado nas filmagens de A Noviça Rebelde. Este excelente exemplo de projeto paisagístico barroco foi apresentado em 1690 com vários terraços, estátuas de mármore e fontes. O próprio palácio foi remodelado em estilo barroco entre 1721-27 antes de ser restaurado no estilo neoclássico mais simples após um incêndio em 1818.

A Fortaleza de Hohensalzburg ostenta um dos maiores castelos medievais da Europa. Tem 250 metros de comprimento e 150 metros de largura. É um dos principais cartões-postais da cidade e pode ser vista facilmente de qualquer ponto, pois fica no topo da colina. Em 1857, com a inauguração das linhas ferroviárias para Viena o Munique, o turismo começou a crescer e o imperador Francisco José anulou o status de fortificação militar do castelo e abriu suas portas à visitação. Para facilitar o acesso tem um funicular que auxilia num bom trecho da subida. Vale subir até o castelo pois, além da visita em si, o visual que se tem lá do alto é maravilhoso: a cidade com suas cúpulas, o rio e as montanhas nevadas ao longe. Aninhada entre picos majestosos, esta cidade deslumbrante oferece uma combinação única de natureza, história e cultura.

Depois de passar pela Alemanha e pelas cidades de seus países vizinho. Encerro o ano de 2020 animada e inspirada para trazer novos destinos e experiências incríveis nos textos de 2021. Um feliz natal e um prospero ano novo!

Siga-nos no Instagram para ficar sempre por dentro das notícias:

Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X