Daniela Barranco fala do Vaticano e sua história inspiradora em sua coluna de viagens

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Daniela Barranco

Vaticano

daniela-barranco-fala-do-vaticano
A arquiteta Daniela Barranco, na Praça de São Pedro, na cidade do Vaticano. (Foto: Acervo pessoal)

Roma é um destino que foi dividido em dois textos para podermos dar a devida atenção à cidade do Vaticano – o texto sobre a capital italiana já foi publicado aqui no Portal. A região dos santuários católicos mais famosos do mundo é por si só inspiradora e berço de várias obras arquitetônicas surpreendentes.

Para começar a nossa viagem, a praça de São Pedro, localizada em frente à Basílica de São Pedro, é o nosso primeiro ponto. Projetada pelo arquiteto italiano Gian Lorenzo Bernini, a praça permite aos visitantes receber a bênção do Papa. As 142 colunatas maciças toscanas enquadram a entrada trapezoidal da basílica e da área elíptica.

daniela-barranco-fala-do-vaticano
A praça de São Pedro, localizada em frente à Basílica de São Pedro. (Foto: Acervo pessoal)

A partir deste ponto temos uma vista incrível para os edifícios ao redor, incluindo bem ao centro da praça, um enorme Obelisco, com mais de 25 metros de altura. Uma estrutura de mais de quatro mil anos que foi trazida do Egito para Roma, por Calígula em 37DC. Pedras circulares foram adicionadas no início do século 19 para tornar o obelisco efetivamente um enorme relógio de sol.

Basílica de São Pedro

daniela-barranco-fala-do-vaticano
A Basílica de São Pedro, maior e mais opulenta igreja de toda a Itália. (Foto: Acervo pessoal)

Roma pode ter mais de 900 igrejas, mas é a Basílica de São Pedro que ganha o maior destaque na região. A basílica do Vaticano é a maior e mais opulenta igreja de toda a Itália, tendo grandes artistas na criação da magnífica estrutura, visitar a igreja é um desfile dos grandes mestres da Renascença.

O local da Catedral era originalmente o Circo de Nero e um cemitério. Em 306 DC, o imperador Constantino se tornou o primeiro imperador cristão de Roma. Foi ele quem decidiu erguer uma basílica na Colina do Vaticano, no suposto local do túmulo de São Pedro, um dos 12 apóstolos, e o primeiro papa martirizado sob o reinado do imperador Nero em aproximadamente 64 DC. 

daniela-barranco-fala-do-vaticano
O local da Basílica de São Pedro era originalmente o Circo de Nero e um cemitério. (Foto: Acervo pessoal)

A basílica, que era um feito de engenharia surpreendente para a época, durou mais de 1.000 anos, porém, começou a se deteriorar. Uma nova construção foi feita e levou 120 anos para ser concluída, foi executada com a participação de Bramante, Rafael, Michelangelo, Donato, Giacomo della Porta e Maderno. A basílica foi construída na tradicional arquitetura renascentista e tem sido uma inspiração para edifícios de igrejas em todo o mundo.

daniela-barranco-fala-do-vaticano
A basílica foi construída na tradicional arquitetura renascentista e tem sido uma inspiração para edifícios de igrejas em todo o mundo. (Foto: Acervo pessoal)

Dentro, você encontrará a Pieta de Michelangelo, o luxuoso retábulo de bronze de Bernini e a distinta cúpula revestida de janelas de Bramante. É difícil saber para onde olhar porque cada centímetro da enorme igreja parece coberto de mármore e ouro.

Dentre as obras mais maravilhosas de seu interior, estão:

Pietà

daniela-barranco-fala-do-vaticano
Pietà é uma das estátuas mais reconhecidas do mundo, criada pelo mestre italiano Michelangelo. (Foto: Acervo pessoal)

Uma das estátuas mais reconhecidas do mundo, criada pelo mestre italiano Michelangelo. A estrutura de mármore de Carrara retrata Jesus depois de sua crucificação no colo da Mãe Maria. Com quase dois metros de altura, a escultura passa uma aura monumental que retrata a santidade do momento. Pietà é a única escultura que foi assinada pelo artista, tendo sido criada no final do século XV.

O Baldaquino de São Pedro

daniela-barranco-fala-do-vaticano
O baldaquino foi colocado diretamente acima do Túmulo de São Pedro e debaixo da cúpula, e é onde o Papa celebra a Missa. (Foto: Acervo pessoal)

É um dossel ou estrutura colocada sobre o altar. Na Basílica de São Pedro, o baldaquino sobre o altar-mor ascende magnificamente, tornando-se o ponto de foco do salão. Ele foi colocado diretamente acima do Túmulo de São Pedro e debaixo da cúpula, e é onde o Papa celebra a Missa. A estrutura de bronze foi a primeira obra criada por Bernini na Basílica e levou nove anos para ser concluída, finalizando em 1634. Foi concebida em estilo barroco clássico e tornou-se um padrão para interiores de igrejas e para a arquitetura.

A Cadeira de São Pedro

daniela-barranco-fala-do-vaticano
O interior da Basílica de São Pedro. (Foto: Acervo pessoal)

A famosa Cadeira de São Pedro é um trono que está localizado na abóboda da Basílica. Trata-se essencialmente de uma antiga cadeira de carvalho, que foi reparada e decorada por Bernini e que agora se encontra em uma espetacular exposição de estátuas de bronze de santos, anjos e uma representação do espírito santo através de uma pintura de vidro de uma pomba. É considerada uma relíquia e conhecida como Cathedra Petri, significativa por dar direção espiritual ao Papa, e a própria palavra Cathedra significa “Assento do Bispo”.

Museu do Vaticano

Os Museus Vaticano constituem um conglomerado de renomadas instituições culturais da Santa Sé, que abrigam extensas e valiosas coleções de arte e antiguidades. Supervisionam, também, uma série de outros espaços dentro dos palácios da cidade do Vaticano, como galerias e capelas que, guardam em si, alto interesse arquitetônico, histórico e artístico.

daniela-barranco-fala-do-vaticano
Os Museus Vaticano são renomadas instituições culturais da Santa Sé, que abrigam extensas e valiosas coleções de arte e antiguidades. (Foto: Acervo pessoal)

Ao longo dos corredores e passagens, os tetos são decorados de forma espetacular. Um dos museus mais visitados é a Sala de Mapas de 360 ​​metros de comprimento. Ele exibe os mapas mundiais que foram desenhados nos séculos XVI e XVII . O mais novo museu foi inaugurado em 1973. ‘Retratos do Papa’. É dedicado a todos os Papas que serviram até agora. 

daniela-barranco-fala-do-vaticano
O mais novo museu foi inaugurado em 1973. ‘Retratos do Papa’. É dedicado a todos os Papas que serviram até agora. (Foto: Acervo pessoal)

A Sala de Raphael atua como uma entrada magnífica para os museus do Vaticano. Estes foram pintados por Raphael e Michelangelo e mostram quatro estrofes brilhantes; Sala di Costantino, Stanza di Eliodoro, Stanza Della Segnatura e Stanza dell’Incendio del Borgo. Muitos quartos também exibem peças de arte de artistas modernos e, ao longo do ano, o Vaticano também hospeda uma série de exposições na área separada do jardim.

daniela-barranco-fala-do-vaticano
Um dos museus mais visitados é a Sala de Mapas de 360 ​​metros de comprimento. Ele exibe os mapas mundiais que foram desenhados nos séculos XVI e XVII . (Foto: Acervo pessoal)

Capela Sistina

Em 1508, Michelangelo foi contratado para pintar uma decoração simples no teto da Capela Sistina. Michelangelo respondeu oferecendo-se para fazer muito mais do que mera decoração e embarcou em sua enorme aventura sozinho. Ele passou os quatro anos e meio seguintes de pé com tinta e gesso pingando em seus olhos. Seu famoso trabalho se estende por uma superfície de 800m².

daniela-barranco-fala-do-vaticano
O trabalho do teto foi concluído em 1512, começando no final do Juízo Final. (Foto: Acervo pessoal)

O trabalho do teto foi concluído em 1512, começando no final do Juízo Final, as cenas retratam a Separação da Luz das Trevas, a Criação do Sol, da Lua e dos Planetas, a Separação da Terra e do Mar e a Criação de Peixes e Pássaros; a Criação de Adão, a Criação de Eva, Tentação e Expulsão do Paraíso, Sacrifício de Noé, Dilúvio e a embriaguez de Noé . 

Eles são emoldurados por figuras monumentais de profetas do Antigo Testamento e sibilas clássicas que predizem o nascimento de Cristo. Escondido entre as figuras gigantescas que olham e gritam de seu fundo brilhante, Michelangelo pintou seu próprio rosto carrancudo e miserável na pele humana enrugada segurada por São Bartolomeu, abaixo e à direita da poderosa figura de Cristo, o Juiz.

daniela-barranco-fala-do-vaticano
Antes de Michelangelo iniciar qualquer trabalho na capela, as estrelas da década de 1480 haviam criado as pinturas ao longo das paredes. (Foto: Acervo pessoal)

Antes de Michelangelo iniciar qualquer trabalho na capela, as estrelas da década de 1480 haviam criado as pinturas ao longo das paredes. Na parede esquerda estão: a Jornada de Moisés por Perugino; Eventos da vida de Moisés, de Botticelli; Cruzando o Mar Vermelho e Moisés recebe as Tábuas da Lei, de Cosimo Rosselli; o Testamento de Moisés, de Luca Signorelli; e a Disputa pelo Corpo de Moisés, de Matteo da Lecce. Na parede direita estão o Batismo de Cristo de Perugino; as tentações de Cristo, de Botticelli; a Chamada dos Apóstolos de Ghirlandaio; Entregando as Chaves por Perugino; o Sermão da Montanha e a Última Ceia, de Cosimo Rosselli; e a Ressurreição de Hendrik van den Broeck. Os retratos são dos mesmos mestres.

LEIA TAMBÉM:

Jardins do Vaticano

daniela-barranco-fala-do-vaticano
Os Jardins do Vaticano são decorados com fontes e esculturas. No topo da colina vemos a Mater Ecclesiae, a casa de repouso do Papa Bento XVI. (Foto: Acervo pessoal)

Os Jardins do Vaticano, são uma obra de arte a parte, estabelecidos durante a era Renascentista e Barroca, são decorados com fontes e esculturas. No topo da colina vemos a Mater Ecclesiae, a casa de repouso do Papa Bento XVI.

daniela-barranco-fala-do-vaticano
O Vaticano não é um destino apenas para os fervorosos católicos, mas um berço de arquitetura e arte de trabalho renascentista. (Foto: Acervo pessoal)

O Vaticano não é um destino apenas para os fervorosos católicos, mas sim um berço de arquitetura e arte que reúne o mais alto nível de trabalho renascentista que se possa imaginar. É maravilhoso vislumbrar o quão poderosos foram os papas que conseguiram criar tamanha riqueza e opulência em um único lugar.

Siga-nos no Instagram para ficar sempre por dentro das notícias:

Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X