Designers curitibanos criam poltrona que valoriza a ancestralidade do trabalho manual

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Da Redação

A história da fibra e da madeira, nortearam a escolha dos materiais como o tramado das hastes de vime ao natural, (Foto: Divulgação)

Unir mãos, materiais, criação, valorizar o design, traduzindo conceitos em uma peça mutante, que expressa amor e carinho. Com isso em mente, a designer Ana Penso encontrou no designer de interiores Cleber Stanczyk o parceiro ideal para desenvolver a Poltrona Nós, que acaba de ser lançada.

A peça é fruto da criação em conjunto e tem por objetivo valorizar a ancestralidade do trabalho manual e valorizar o poder do design. “Acreditamos que o potencial da natureza e a experiência do homem unidos em sua simplicidade constroem juntos algo único – o design . Uma ponte para tudo de valioso que a experiência com a peça pode nos proporcionar”, afirma Ana.

Os designers de interiores Ana penso e Cleber Stanczyk criaram a poltrona Nós, que acaba de ser lançada. (Foto: Divulgação)

O ponto de partida do conceito foi dar asas à imaginação. Assim, surgiu uma poltrona repleta de significados.”Uma peça com alma contemporânea, que imprime conceitos e história em cada trama e nó”, define Cleber.

Enaltecendo a mão de obra de pequenos artesãos de Santa Felicidade, como o vime, a ideia é dar destaque para o trabalho artesanal e milenar,  que já não se encontra facilmente pela falta de valorização cultural. A história da fibra natural e da madeira, que de uma planta se desdobra em um objeto, nortearam a escolha dos materiais como o tramado das hastes de vime ao natural, os tradicionais nós de junco, madeira torneada e o design em serralheria. O resultado é uma peça que une todos esses elementos trazendo contemporaneidade.

LEIA TAMBÉM:

Atemporal

Resultado da criação coletiva, a poltrona tem um design atemporal  e também é versátil, pois permite ao usuário posicionar o assento em dois formatos, com o posicionamento do cesto na horizontal, resultando numa sensação de abraço e aconchego. Usando na vertical, ficam presentes os sentimentos de  imponência e sofisticação. “Ela é autêntica, mutante, versátil, transforma-se como a gente. Além disso, ela se adapta a diferentes ambientes”, detalha Ana.  

Um detalhe interessante pensado pela dupla é no apoio de mão, um elemento que remete a tronos da realeza. Por isso, a opção foi por um acabamento tramado, para destacar ainda mais esse detalhe da peça e de forma poética trazer todos esses significados e histórias  ao toque das mãos, possibilitando sentir as texturas do material e o trabalho milenar da mão de obra artesanal.

Serviço:
A poltrona Nós será vendida exclusivamente na Boobam, apenas por encomenda.

Siga-nos no Instagram para ficar sempre por dentro das notícias:

Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X