Dúvidas recorrentes de síndicos e condôminos se transformam em livro que será lançado nesta segunda-feira

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Da Redação

Dúvidas recorrentes de síndicos e condôminos se transforma em livro didático que será lançado nesta segunda-feira
A autora Karla Pluchiennik. (Foto: Divulgação)

A autora paranaense Karla Pluchiennik lança, nesta segunda-feira (20), o livro “Coisas Básicas do Condomínio vol 1”, uma coletânea de 25 temas contendo informações básicas e linguagem acessível para quem quer conhecer o assunto de forma didática. O lançamento será na livraria A Página, no Shopping Estação, a partir das 18h.  

Segundo a autora, o livro foi elaborado pensando em proporcionar ao leitor o acesso a conteúdos objetivos, de forma que a leitura de cada tema não dure mais do que poucos minutos. “O intuito é que a obra circule não só entre síndicos, administradoras e demais profissionais, mas que também chegue nas residências para que os moradores tenham acesso às informações e adquiram mais consciência de como viver melhor em condomínio”, explica a autora. 

Karla diz que a obra é um instrumento de apoio para quem, no dia a dia, mora, trabalha, administra, garante, fornece ou mantém o condomínio no Brasil a todo vapor. Animais de estimação, barulho, comunicação interna e troca de síndico são alguns dos temas tratados no livro que inaugura uma coletânea que será sequenciada por outros volumes e autores.

Sobre a autora

Karla Pluchiennik Moreira é empresária, pós-graduada em direito empresarial e em influência digital. Desde a formação acadêmica e no decorrer de sua atuação em empresas coligadas à rede Condomínios Garantidos, fornece consultoria para profissionalizar ‘vida em condomínio’. Ao lado do advogado Luiz Fernando de Queiroz, disponibilizou mais de 300 formulários e arquivos para a coletividade, os quais estão publicados no portal Viva o Condomínio, empresa da qual é diretora.

Abaixo alguns dos temas que são tratados no livro: 

Pouco ou nenhum conhecimento

Na administração condominial, o síndico vai desempenhar diversas atividades nas mais variadas áreas. A melhor forma de se tornar um bom síndico é buscar constantemente o conhecimento. No entanto, um síndico que não se mantém atualizado, que não se qualifica e muito menos conversa com outros síndicos pode criar sérios problemas para o condomínio. Ter pouco conhecimento na área é como dar um tiro no próprio pé.

Falta de comprometimento

Ser síndico é assumir grandes responsabilidades, não é uma atividade para qualquer perfil. É preciso ter conhecimento básico em administração, mostrar-se realmente interessado e ter comprometimento para exercer essa importante função diariamente. A pessoa que não tem o mínimo de conhecimento pode achar que o trabalho é simples, pode ser deixado por diversas vezes como uma tarefa secundária, o que resulta no pouco interesse pela melhoria do seu condomínio.

Gestão sem transparência

É dever do síndico controlar todas as despesas do seu condomínio. Agir sempre com muita transparência na gestão financeira e na prestação de contas aos condôminos. Quando não há a preocupação em administrar com transparência e tornar públicas as informações sobre os gastos, o síndico pode responder pessoalmente pelos atos. É fundamental contar com o apoio de um conselho fiscal. É esse conselho que vai auxiliar o síndico com todas as finanças do condomínio, com o seu controle e, principalmente, com a fiscalização na prestação de contas.

Falta de comunicação

Outro fator fundamental é saber estabelecer um relacionamento eficaz e uma boa comunicação com todos os condôminos. É evidente que além de um ótimo relacionamento interpessoal, um bom síndico é aquele que mantém uma comunicação próxima e eficaz entre os moradores. Se você não é um síndico participativo e que sabe ouvir o que os outros têm a dizer, talvez seja preciso melhorar essas habilidades.

Equipe desqualificada

Uma boa administração condominial não é somente resultado de um bom síndico, mas também da sua equipe de funcionários. É importante selecionar e treinar os funcionários. Isso otimiza a administração condominial.

Falta de apoio profissional

O síndico pode contar com uma empresa especializada para administrar o seu condomínio. Uma administradora pode dar o suporte necessário em qualquer processo para facilitar o trabalho e otimizar a gestão. O que precisa ser evitado é deixar de contratar os serviços de uma empresa especializada por acreditar que entende muito bem do assunto. Ser síndico é um trabalho que envolve simultaneamente muitas áreas e uma boa fonte de consulta pode evitar apuros. Ter apoio profissional na administração condominial passa a ser fundamental para quem deseja ser um bom síndico.

SERVIÇO:

Lançamento do livro “Coisas Básicas do Condomínio”

Data:  20 de junho 

Livraria A Página – Shopping Estação: Avenida Sete de Setembro, 2775.

A partir das 18:00 horas, com início de bate-papo com a autora e autógrafos a partir das 18:30 horas.

A obra pode ser adquirida no site da editora: www.livrariabonijuris.com.br

Siga-nos no Instagram para ficar sempre por dentro das notícias:

Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X