Em dois meses, mais de 100 passageiros com Covid-19 tentaram embarcar nos ônibus de Curitiba

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Da Redação

cartão transporte bloqueado curitiba
Em pouco mais de dois meses, 156 passageiros com diagnóstico positivo de Covid-19 tiveram seus cartões bloqueados. (Foto: Divulgação)

Em pouco mais de dois meses, 156 passageiros com diagnóstico positivo de Covid-19 tiveram seus cartões bloqueados por tentar furar o período de isolamento social e embarcar nos ônibus da capital. Pessoas que testam positivo estão proibidas de usar o cartão-transporte nos ônibus do transporte coletivo por sete dias a partir da data da confirmação do exame PCR.

O número de pessoas com cartão-transporte ativo diagnosticadas com Covid somou 275 no período – o que representa pouco em relação aos 370 mil usuários por dia do sistema. Porém, mais da metade dos diagnosticados tentou furar o isolamento.

Risco de contaminação

No fim de março, a Urbs e a Secretaria Municipal da Saúde implantaram um sistema de cruzamento de dados de CPF de pessoas diagnosticadas com Covid-19 e portadores de cartão-transporte. O objetivo é evitar que pacientes com o vírus rompam o isolamento e ainda monitorar o risco de contaminação no transporte coletivo da capital.

LEIA TAMBÉM:

Os usuários do cartão representam mais de 65% dos passageiros de ônibus na cidade. A medida vale para os cartões usuário, isento (idosos e pessoas com deficiência) e estudantes. Quem testou positivo para Covid-19 entra em uma lista de cartões desabilitados. Se o usuário que deveria estar em isolamento tentar passar em uma catraca para embarcar no ônibus, o cartão “queima” e é bloqueado imediatamente. Para usá-lo novamente é preciso substituí-lo.

Para quem teve o cartão bloqueado, é possível fazer o desbloqueio após os sete dias pessoalmente na Urbs mediante agendamento pelo site www.urbs.curitiba.pr.gov.br/utilidades/cartao-transporte.

Siga-nos no Instagram para ficar sempre por dentro das notícias:

Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X