Empresa paranaense lidera segmento de alimentação saudável no Brasil

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Jasmine Alimentos

Com 30 anos de mercado, Jasmine Alimentos conquista crescimento sem esquecer das raízes curitibanas. (Vídeo: Divulgação/Jasmine Alimentos)

“Começamos de maneira artesanal, no fundo de casa, mas com muita dedicação e boa vontade”. Com essa frase, o diretor de inovação e transformação da Jasmine Alimentos, Rodolfo Tornesi Lourenço, relembra os primeiros passos da empresa curitibana. Criada na garagem do casal paranaense Christophe e Rosa Allain, adeptos da alimentação macrobiótica, a marca começou suas atividades com a produção de um pão integral, que era distribuído aos amigos. Desde o início, um mesmo objetivo sempre esteve presente: compartilhar com o mundo os benefícios da comida de verdade – missão que a Jasmine carrega até hoje.

Referência nacional em alimentação saudável, a empresa conta com quatro categorias de produtos: integral, orgânico, zero açúcar e sem glúten. Com produções de granolas, cookies, pães, bebidas vegetais, farinhas, cereais, como a quinoa e a linhaça, açúcar mascavo, calda de agave e muito mais, a empresa traz em seus valores o acolhimento, a conexão por meio do alimento e, principalmente, a comida inclusiva – graças ao portfólio de produtos para todos. Durante os 30 anos de caminhada, um dos desafios foi adquirir mais adeptos do pensamento de que um alimento de verdade tem o poder de transformar o corpo e a alma. “Saúde, bem-estar e sabor, numa dieta baseada em produtos e alimentos saudáveis. Com a Jasmine isso é possível, desmistificando o conceito de que comida saudável não é saborosa”, argumenta Rodolfo.

Pão com coco Jasmine sem glúten. (Foto: Divulgação/Jasmine Alimentos)
Pão com frutas e castanhas Jasmine sem glúten. (Foto: Divulgação/Jasmine Alimentos)
Bites integral Jasmine sabor azeitona. (Foto: Divulgação/Jasmine Alimentos)
Bites orgânico Jasmine sabor mediterrâneo. (Foto: Divulgação/Jasmine Alimentos)
Bites sem glúten Jasmine sabor tapioca salgada. (Foto: Divulgação/Jasmine Alimentos)
Produtos integrais Jasmine. (Foto: Divulgação/Jasmine Alimentos)
Mini cookies Jasmine. (Foto: Divulgação/Jasmine Alimentos)
Produtos orgânicos Jasmine. (Foto: Divulgação/Jasmine Alimentos)
Mini cookies e mini crackers Jasmine. (Foto: Divulgação/Jasmine Alimentos)
Produtos integrais Jasmine. (Foto: Divulgação/Jasmine Alimentos)
Produtos integrais Jasmine. (Foto: Divulgação/Jasmine Alimentos)
Produtos sem glúten Jasmine. (Foto: Divulgação/Jasmine Alimentos)
Produtos zero açúcar Jasmine. (Foto: Divulgação/Jasmine Alimentos)

No ano passado, a Jasmine Alimentos deu um novo passo para expandir a venda de produtos saudáveis a nível nacional: uma parceria com a Amazon, que disponibiliza mais de 130 itens da marca. Essa parceria representa a extensão da participação em vendas on-line que já acontece nas principais plataformas do país. A indústria curitibana, hoje sediada na Região Metropolitana (Campina Grande do Sul), também desenvolveu uma nova linha de produtos voltada para o público infantil, com a chancela do D.P.A. – Detetives do Prédio Azul. O lançamento, inspirado na série produzida pela Conspiração Filmes e exibida pelo canal Gloob, contempla mini cookies nos sabores chocolate, baunilha e morango, além de mini crackers nos sabores original e pizza. Neste ano, outro lançamento e projeto de expansão foi o novo sabor de granola, com ingredientes típicos brasileiros, como a castanha-de-caju.

A robustez de uma operação de 30 anos no mercado de alimentação saudável e o frescor da disrupção praticada bem antes do crescimento e da solidificação do setor, mostram que investir em propósitos consistentes garante excelentes resultados. A Jasmine Alimentos não só assina como precursora no Paraná e no Brasil de um nicho milionário do mercado mundial, mas também nutre diariamente um ambiente inovador e engajado, a ponto de prosseguir executando projetos novos mesmo com a maior parte da equipe em home office.

A Jasmine Alimentos, em Campina Grande do Sul, Região Metropolitana de Curitiba. (Foto: Divulgação/Jasmine Alimentos)
A Jasmine Alimentos, em Campina Grande do Sul, Região Metropolitana de Curitiba. (Foto: Divulgação/Jasmine Alimentos)
A Jasmine Alimentos, em Campina Grande do Sul, Região Metropolitana de Curitiba. (Foto: Divulgação/Jasmine Alimentos)
Maquinário da Jasmine Alimentos. (Foto: Divulgação/Jasmine Alimentos)
Maquinário da Jasmine Alimentos. (Foto: Divulgação/Jasmine Alimentos)
Fornada de produtos Jasmine Alimentos. (Foto: Divulgação/Jasmine Alimentos)

“Com o início da Pandemia, o nosso principal objetivo foi manter nossos colaboradores em segurança. Para os que são da área administrativa e comercial que estão trabalhando de casa, preparamos um cronograma de ações online, como envio de e-mail com dicas sobre qualidade de vida, cafés virtuais com os times, encontro dos Pets, Webinar sobre saúde mental e entrega de kits com produtos da Jasmine em seus lares. Outro benefício foi o vale Home Office, que é um valor fixo que contempla gastos com telefone e internet. Assim, nos adaptamos”, afirma Lourenço. No último ano, a empresa contou com o crescimento de 20% nas vendas, mesmo em meio a pandemia, graças a inúmeros investimentos em inovação e o olhar sempre voltado a dois pontos essenciais: nas raízes da marca e no futuro desafiador.

LEIA TAMBÉM:

Siga-nos no Instagram para ficar sempre por dentro das notícias:

Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X