Empresários entram na Justiça e pedem que shoppings permaneçam abertos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Da Redação

blank
A Associação Brasileira de Shoppings Centers é contrária às restrições impostas aos shoppings de Curitiba. (Foto: Divulgação)

A Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce) protocolou nesta terça-feira (01) uma ação que pede a abertura de todos os shoppings em Curitiba, mesmo durante vigência do Decreto Municipal 940 que estabelece Bandeira Vermelha em Curitiba.

No texto, a entidade se baseia no cenário econômico. “A ordem de fechamento dos shopping centers constitui medida cruel e excessivamente gravosa (sem nenhuma justificativa ou necessidade), colocando em risco a sobrevivência de empresas que tanto contribuem para a geração de empregos e impostos, assim como para a circulação de riquezas na capital deste Estado”.

A liminar integra um mandado de segurança coletivo protocolado pela Abrasce contra a prefeitura de Curitiba, que considera como abuso de poder a restrição de abertura dos espaços.

LEIA TAMBÉM:

Atualmente, os shoppings entram na categoria de atividades não essenciais e devem respeitar várias restrições de funcionamento. Galerias, centros comerciais e shopping centers podem abrir as portas das 9 às 19 horas, de segunda a sábado, apenas na modalidade delivery e domingo devem fechar totalmente.

Caso a liminar não seja concedida, a associação pede que a Justiça pelo menos autorize a modalidade drive thru.

Siga-nos no Instagram para ficar sempre por dentro das notícias:

Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X