Entidades lamentam morte de médico que atuava na UPA Campo Comprido

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Da Redação

A UPA Campo Comprido, onde o médico William Quinto Maldonado atuava. (Foto: Divulgação)

O médico peruano William Quinto Maldonado, de 55 anos, morreu no último domingo (7) por complicações da Covid-19. Ele estava internado há um mês no Hospital Marcelino Champagnat, em Curitiba, e atuava na UPA Campo Comprido. Em nota, o Conselho Regional de Medicina prestou condolências à família e afirmou que William atuava na linha de frente de combate à Covid-19. “Foi o 46º médico vitimado pela doença no Paraná, de acordo com as estatísticas da Secretaria Estadual de Saúde”, afirma a nota do CRM.

O Sindicato dos Servidores Municipais de Curitiba (Sismuc) também se manifestou. Segundo a entidade, “estamos vivendo um momento de transmissão desenfreada do novo coronavírus e suas variantes, que causou o colapso no sistema de saúde e tem registrado mais vítimas a cada dia.”

William formou-se em Medicina pela Universidad Nacional Mayor de Santa Marcos, em seu país de origem, tendo revalidado o diploma em junho de 1993 pela Universidade Federal do Rio de Janeiro.

LEIA TAMBÉM:

Siga-nos no Instagram para ficar sempre por dentro das notícias:

Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X