Escolas públicas e privadas registram baixo número de casos de Covid-19

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Da Redação

As medidas de segurança, o monitoramento constante e o avanço da vacinação são apontados como fatores que influenciam na redução do número de casos de Covid-19 nas escolas. (Foto: Divulgação)

Com o avanço na vacinação contra a Covid-19 para os adolescentes de 12 a 17 anos no Paraná e da população adulta, os casos de Covid-19 tem caído de forma geral. Com base nos números monitorados pela Secretaria da Saúde, desde setembro uma resolução publicada pelo governo determinou o retorno dos alunos da rede estadual de ensino às aulas presenciais. As escolas particulares já tinham voltado em março de 2021, seguindo as mesmas regras estabelecidas pela legislação estadual.

Todas as instituições de ensino, público ou privadas, incluindo as de nível superior devem manter o afastamento físico mínimo de um metro entre os alunos e professores, O documento também determina o uso obrigatório de máscaras, o não compartilhamento de objetos e utensílios pessoais e a limpeza e desinfecção do ambiente e superfícies.

Os cuidados tem se mostrado eficientes. Uma pesquisa encomendada pelo Sindicato das Escolas Particulares do Paraná (Sinepe-Pr) ouviu no fim do mês de setembro, 40 instituições de ensino associadas para medir a transmissão de Covid-19 entre estudantes da rede privada. O levantamento apontou que em 37,5% dos estabelecimentos de ensino consultados não houve casos da doença entre os estudantes. Ainda, em 40% das instituições, foram registrados até cinco casos entre alunos durante todo o período.

LEIA TAMBÉM:

De acordo com o presidente da entidade, professor Douglas Oliani, os gestores estão atentos. “O avanço da vacinação em nosso estado tem feito os casos recuarem. Somando a isso, esses dados que levantamos demonstram como os protocolos têm sido eficientes nas instituições de ensino paranaenses e, principalmente, que todos os envolvidos estão tomando os cuidados necessários para combater o novo coronavírus”, avalia.

O levantamento também indicou que foram registrados até 10 casos da doença em 10% das instituições contatadas. Somente 7,5% das escolas enumeraram até 15 ocorrências e em 5% o registro ultrapassou 15 casos. Outra questão abordada na pesquisa foi o índice de presencialidade nas instituições. Em 45% delas o ensino presencial já estava funcionando integralmente no fim de setembro, enquanto 35% das instituições estavam operando com mais de 90% dos estudantes presencialmente e outras 12,5%, com mais de 80%.

Nas escolas da rede pública de ensino o controle é feito diariamente. Cada escola possui uma comissão interna que alimenta um sistema integrado à Secretaria de Educação do Paraná, Os registros são compilados nos Núcleos de Educação e permitem acompanhar informações detalhadas sobre casos suspeitos e confirmados de alunos, professores e funcionários. As comissões de biosegurança, como são chamadas, fornecem os dados necessários para a tomada de decisões.

Siga-nos no Instagram para ficar sempre por dentro das notícias:

Veja Também

1 comentário em “Escolas públicas e privadas registram baixo número de casos de Covid-19”

  1. Caro Reinaldo. Você ouviu somente um lado: o lado dos sindicatos e acreditando no que diz a Secretaria de Saúde do Estado.
    O Brasil inteiro já começou a vacinação de adolescentes, menos o Paraná. Esta semana, o Presidente Bolsonaro deixou bem claro na imprensa: ” Pra que vacinar pessoas abaixo de 20 anos ?” O Governador do Estado, seguidor passivo das ordens do Executivo Federal, além de não vacinar ou requisitar mais imunizantes para esta demanda junto ao Ministério da Saúde, deu aval para a volta presencial de crianças e adolescentes na rede estadual. Fica a pergunta: a hora que um estudante vier a falecer de Covid 19, o que dirão o senhor Governador do Estado e seu Secretário da Saúde ? Vão sumir ? Serão corajosos em assumir a culpa pela não vacinação ? 21 Estados já vacinaram. Será que todo mundo está errado ? Senhor Governador, a vida é uma só e não se brinca com a vida dos nossos filhos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X