Expresso Princesa dos Campos lança 1º ônibus intermunicipal 100% elétrico do Brasil

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Da Redação

O modelo BYD D9F, com carroceria Viaggio 1050, possui até 300 quilômetros de autonomia e a recarga total (0% a 100%) se dá num período de até quatro horas. (Foto: Divulgação)

A Expresso Princesa dos Campos lança na próxima segunda-feira (20) o primeiro ônibus rodoviário intermunicipal 100% elétrico do Brasil. O veículo é fruto da parceria com a Embarca, startup para vendas de passagens, a BYD, maior fabricante global de baterias de lítio-ferro e de veículos elétricos e plug-in, e a Marcopolo. Após uma viagem inaugural de demonstração, o veículo será colocado em teste durante 90 dias entre Curitiba e Ponta Grossa, na região dos Campos Gerais.

Atualmente, o Brasil ocupa o quarto lugar no ranking de países com mais ônibus elétricos, segundo o monitor E-bus Radar, elaborado pelo Labmob, da Universidade Federal do Rio de Janeiro. A tendência é que o número de ônibus elétricos cresça ainda mais até 2030, aponta o relatório da Plataforma Nacional de Mobilidade Elétrica. Os ônibus elétricos representam mais um grande aliado para a redução de poluentes locais e de gases causadores do efeito estufa.

Para o CEO da Embarca, Felipe Gulin, esse é um momento muito especial sendo a primeira iniciativa no transporte rodoviário intermunicipal em prol da mobilidade urbana e da sustentabilidade. “Com esse projeto, seremos a primeira plataforma tecnológica a operar ônibus elétrico no país. O nosso compromisso é desenvolver soluções, pensando sempre no futuro das gerações, sendo assim, buscamos trazer opções cada vez mais sustentáveis, que atendam as necessidades de demanda dos clientes, promovendo experiências digitais únicas”, comenta o executivo.

Características do ônibus elétrico

Com capacidade para transportar 44 passageiros, o novo BYD D9F, com carroceria Viaggio 1050, tem até 300 quilômetros de autonomia. Ou seja, mais que o suficiente para cumprir o trecho de 118 km entre as duas cidades paranaenses. E, caso seja necessário recarregar as baterias no meio do caminho, todo esse processo pode levar até quatro horas, ainda que os freios também recuperem energia.

Neste projeto, a estrutura é constituída por materiais de alta resistência a torção e a flexão. Os freios a disco regenerativos com sistema ABS proporcionam maior segurança e autonomia ao veículo. Esse é o primeiro veículo desta categoria no Brasil destinado às operações de fretamento de curtas e médias distâncias. O Chassis BYD D9F é utilizado para aplicação em carrocerias com até 13,2 metros de comprimento. O motor BYD-2912TZ-XY-A, de 250 KW está integrado às rodas do eixo traseiro, contando com um módulo de controle eletrônico de tração.

LEIA TAMBÉM:

Siga-nos no Instagram para ficar sempre por dentro das notícias:

Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X