Ferry boat de Guaratuba terá nova balsa com capacidade para mais de 100 veículos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Da Redação

A nova balsa no ferry boat de Guaratuba trará mais segurança e terá maior capacidade de transporte na travessia. (Foto: DER-Paraná)

A nova embarcação chegou chegou no final de semana em Guaratuba e será colocada em operação na travessia da baía, serviço conhecido como o Ferry Boat de Guaratuba. Ela foi disponibilizada pela concessionária responsável para atender exigências contratuais e resolver o congestionamento que se formava no local.

A embarcação será inspecionada pela Marinha do Brasil e na sequência, passará pela aprovação do Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR para só então ser colocada em funcionamento. A nova balsa tem capacidade para mais de 100 veículos e será a maior entre todas as embarcações que fazem a travessia. Os outros três ferry boats em operação tem capacidade para até 60 veículos cada.

Desde junho deste ano os usuários do ferry boat de Guaratuba podem adquirir os bilhetes para cruzar a baía utilizando cartão de débito. As máquinas que aceitam essa forma de pagamento eletrônico estão disponíveis em todas as bilheterias de ambos os lados da travessia, e o pagamento em dinheiro também continua sendo aceito.

Esta é uma das várias inovações previstas no contrato, que incluem ainda a revitalização do asfalto, drenagem, iluminação e sinalização da área de concessão, implantação de ciclovias, além da reforma e adequação dos quatro atracadouros, incluindo rampas e flutuantes, já a partir deste primeiro ano de contrato.

Também serão revitalizadas edificações da área, incluindo as bilheterias de Guaratuba, da Prainha, a lanchonete, o Serviço de Atendimento ao Usuário (SAU), as instalações sanitárias, o fraldário e a área de convivência ao longo dos primeiros oito anos de concessão.

A empresa deverá construir uma nova bilheteria principal em Guaratuba, um novo SAU em Prainha, e instalar sistema antiqueda de veículos nas embarcações do DER/PR, ainda no primeiro ano da concessão, com implantação de uma barreira flutuante para contenção de vazamento de óleo prevista para o segundo ano.

LEIA TAMBÉM:

Siga-nos no Instagram para ficar sempre por dentro das notícias:

Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X