Fiscalização em Curitiba resulta em multas altas e mais de 2 mil pessoas dispersadas entre sexta e domingo

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Da Redação

Um bar no bairro Batel foram localizadas cerca de 300 pessoas, todas aglomeradas e em pé. (Foto: Divulgação/SESP-PR)

Entre a noite de sexta-feira (3) e a madrugada deste domingo (5) a Ação Integrada de Fiscalização Urbana (Aifu) fechou 13 pontos comerciais, dispersou mais de 2,2 mil pessoas em diversos bairros de Curitiba. Integrantes da equipe aplicaram mais de R$ 760 mil em multas. Entre os locais, está um bar no Batel onde havia cerca de 300 pessoas, todas aglomeradas e em pé, o que é proibido por decreto municipal.

O estabelecimento foi fechado por exceder a capacidade máxima permitida de pessoas para o local, que foi multado em R$ 100 mil e o responsável encaminhado para assinatura de Termo Circunstanciado.

Fiscalização

A Aifu fechou 13 pontos comerciais, dispersou mais de 2,2 mil pessoas em diversos bairros de Curitiba. (Foto: Divulgação/SESP-PR)

Entre sexta-feira e sábado, a fiscalização percorreu os bairros Batel, Alto da XV, Jardim Botânico, Prado Velho, Hauer, Xaxim, Alto Boqueirão, Portão e Augusta, onde foram abordados sete estabelecimentos dos quais seis acabaram fechados. Entre os locais fechados estão tabacarias e restaurantes por exceder a capacidade máxima de pessoas permitidas. Ao todo, sete pessoas foram abordadas em todos os estabelecimentos, 15 autuações administrativas foram aplicadas e mais de R$ 410 mil foram aplicados em multas pelos agentes municipais.

Entre sábado e domingo, as equipes fiscalizaram 11 pontos comerciais, dos quais sete acabaram fechados por irregularidades. A Aifu percorreu os bairros Alto da XV, Alto da Glória, Batel, Boqueirão, Centro, Ganchinho, Hauer, Hugo Lange, Santa Felicidade, São Francisco, Seminário e Taboão.

LEIA TAMBÉM:

Em todos eles foram dispersadas 1.046 pessoas, sendo que dessas seis acabaram detidas e encaminhadas para a assinatura de Termo Circunstanciado, uma por infringir determinação do poder público destinada a impedir propagação de doença contagiosa e cinco por perturbação do sossego. Cerca de 14 autuações administrativas e 13 Autos de Infração de Trânsito foram aplicadas pelas equipes. Já os agentes municipais aplicaram R$ 350 mil em multas.

Ainda segundo o relatório da Aifu, quatro bares acabaram multados e fechados na região do Largo da Ordem, na Rua Trajano Reis, por não respeitar o distanciamento mínimo entre as pessoas no interior dos estabelecimentos. Apenas nessa região da cidade cerca de 400 pessoas foram dispersadas e as multas aplicadas somaram 180 mil.

Siga-nos no Instagram para ficar sempre por dentro das notícias:

Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X